Blogando com Alma... Ainda.

Renove Suas Páginas e Crie Páginas Personalizadas

Continuando com nossa reforma, hoje vamos cuidar dos pilares do blog: as páginas.

Páginas são colunas estruturais do seu blog.

A diferença entre páginas e posts é que as páginas existem fora da estrutura cronológica do blog. Elas são uma forma excelente de centralizar recursos, atraindo mais visitas.

Colunas estruturais

As duas páginas imprescindíveis que todo blog deve ter são: “Sobre” e “Contato”.

Se você não tem essas duas páginas, aproveite e crie as suas.

No entanto, as páginas servem para muito mais que simplesmente falar sobre você e oferecer formas de contato.

Mas vamos começar pelo começo; vamos revisar as páginas já existentes.

Reforme suas páginas

As páginas devem passar pela mesma revisão que os posts. Para ver os detalhes de cada passo, leia o post anterior: Renove Seu Conteúdo e Atraia Mais Visitas e Leitores

  1. Liste as páginas que serão renovadas
  2. Decida quantas páginas vai renovar por semana (recomendo que você as inclua no total de posts a reformar por semana).
  3. Revise a URL e crie os redirecionamentos necessários
  4. Analise a informação
  5. Revise o código
  6. Revise as imagens

Crie páginas novas

Este pode ser um “exercício” divertido e muito satisfatório, pois páginas úteis e bem feitas atraem muitas visitas e links.

Vejamos alguns tipos de páginas personalizadas para o seu blog que você pode criar.

1 – Séries de posts

Primeiro que nada, se você tem séries de posts no blog, recomendo MUITO que você crie uma página central para cada uma delas.

É chato e tedioso ter que caçar links de outros posts de uma mesma série. Isso faz com que o leitor perca tempo, e é provável que ele acabe desistindo. No entanto, se você tem uma página central da série, basta colocar um link para ela no final de todos os posts que pertencem à ela. É mais simples que colocar links para todos os outros posts em cada post e facilita a vida do leitor.

Há plugins que listam posts da série de forma automática, mas uma página com esse tipo de coleção de links costuma ser bem indexada e atrai mais visitas do que os links em cada post.

Exemplo: Desafio 21 Dias – Edição 2011.

2 – Páginas temáticas

Outra ótima opção é criar páginas que agrupem posts por tema, mesmo que não pertençam à uma série.

Além das vantagens já mencionadas, você pode enviar as pessoas à essas páginas quando receber perguntas sobre o tema, economizando seu tempo.

Exemplo: Começando a Blogar

3 – Listas de recursos

Caso você não tenha conteúdo no blog adequado para criar os tipos de páginas anteriores, pode fazer uma boa lista de recursos recomendando sites, textos e ferramentas que você usa e/ou que serão úteis para o leitor.

Exemplo: Top 10 Ferramentas Para Blogar – Esse texto é um post; vou atualizar a lista e transformá-lo em página. Serve bem de exemplo deste tipo de página.

4 – Listas de dicas

Outra que quero fazer: páginas com dicas simples e rápidas dentro de um mesmo assunto. Podem ser dicas suas, pinçadas dos seus posts; ou uma seleção de dicas de outros (citando trechos pequenos de texto e creditando com links, pelamor).

5 – Perguntas frequentes

Se você ensina alguma coisa no blog, é certo que recebe repetidamente as mesmas perguntas. Mesmo que não ensine nada, é bem possível que receba perguntas repetidas sobre você ou sobre coisas que menciona no blog.

Uma página com perguntas frequentes (ou FAQ) economiza o tempo que você porventura gaste respondendo-as cada vez que são repetidas, simplesmente mandando o endereço da página. Além disso, muita gente vai ler a página antes de perguntar diretamente para você.

Exemplo: Querido Leitor, FAQ You! (que aliás, precisa de reforma e atualização urgente.)

6 – Respostas às buscas

O que os visitantes procuram para chegar ao seu blog?

Você pode criar uma página (ou várias, dependendo do caso) como resposta à essas buscas. Reúna links úteis e dicas, e crie um título que tenha a ver com as buscas.

Leve em conta que se a página não for realmente útil (isto é, se você estiver tentando capitalizar em cima das buscas com encheção de linguiça), ela terá um efeito negativo no valor geral do blog, e provavelmente nos próprios resultados de busca.

Exemplo: Blogger – Blogspot (que também precisa de atualização urgente urgentíssima)

Para colocar em prática

  1. Revise as páginas que já existem no seu blog.
  2. Faça as correções necessárias.
  3. Tem séries de posts publicadas? Crie uma central para cada uma.
  4. Quais são os temas principais do seu blog? Escolha um e crie uma página temática, de recursos ou com dicas.
  5. Faça uma lista de perguntas frequentes que recebe e crie seu FAQ.
  6. Descubra quais são as buscas que trazem mais visitas ao seu blog. Crie uma página com links e dicas que são úteis para quem vem de uma busca dessas.

Finalizando

Páginas são um recurso poderoso para atrair visitas e facilitar sua vida e a do leitor.

Dá um pouco de trabalho criar páginas realmente úteis; mas depois de criadas o trabalho de manutenção é mínimo. Uma revisão anual para retirar conteúdo desatualizado é suficiente; e você pode simplesmente adicionar mais informação quando achar que vale a pena.

Que outro tipo de páginas você criaria? Vai usar alguma das idéias que listei? Me conte nos comentários! 🙂

Image: Shane Gorski – CC By-Nd

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

10 Razões Pelas Quais Você Precisa Criar Um Blog Para Sua Pequena Empresa

Next

O Jeito Mais Simples de Fazer as Coisas Que Você Quer

4 Comments

  1. Nosph!

    Arrumei bonitinhas as páginas da quitanda. Eu já tinha feito uma página de “histórias” no Desafio 21 dias do ano passado. Mudei o nome dessa para “Crônicas”, um nome mais correto e mais relevante.

    Reuni minhas resenhas para adultos em uma página e as de livros infantis em outra.

    Também criei uma página para falar do meu projeto voluntário, o Leitura sem Fronteiras, de criação de bibliotecas livres.

    Fazia tempo que eu queria melhorar isso no blog e agora está tinindo! Brigadão pelo post, foi essencial!

    • Êêê, que bacana!! 😀 Parabéns pelas mudanças!

      E de nada, eu amo ajudar e ser útil! 🙂

  2. Vale lembrar também que a página de política de privacidade é fundamental em qualquer blog. 🙂 Principalmente se houver alguma forma de propaganda nele.

    • Em qualquer blog? Bom, suponho que você tem razão, mas só é obrigatória pra quem tem propaganda, não?

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik