Blogando com Alma... Ainda.

10 Razões Pelas Quais Você Precisa Criar Um Blog Para Sua Pequena Empresa

Você tem uma pequena ou micro empresa? Vende algum tipo de produto ou serviço?

Sem importar o tamanho do seu negócio, uma das melhores coisas que você pode fazer por ele é ter um blog.

Grandes empresas contam com enormes orçamentos de publicidade, equipes inteiras dedicadas às diversas tarefas de divulgação e produção de conteúdo (e mesmo assim costumam falhar feio online – mas falaremos disso em outro momento), e tantas outras coisas com as quais uma pequena empresa não pode sequer sonhar. Como competir com isso? Impossível.

A boa notícia é que você não precisa competir com isso.

Você Precisa Criar Um Blog Para Sua Pequena Empresa

Pequenas e micro empresas são as que mais podem se beneficiar de um blog bem feito. Pelo seu próprio tamanho, é muito mais fácil e simples ter uma presença online personalizada, que sirva de base sólida para construir uma relação de confiança com seus clientes e prospectos.

Por que você precisa criar um blog para sua empresa ou negócio?

1 – Para não perder negócios nem desperdiçar oportunidades

Você precisa estar na web. A cada dia que passa, mais empresas estão construindo sua presença online. Isso significa que a concorrência é cada vez maior.

Além disso, a cada dia mais pessoas – clientes e prospectos – estão usando a web para encontrar os serviços e produtos que procuram, fazer comparações entre eles e até mesmo comprar. Se você não tem uma presença online, essas pessoas não tem como encontrá-lo.

Você e sua empresa não existem.

E você está perdendo oportunidades de negócios e vendas, não só hoje mas futuramente.

Aproveite as oportunidades

2 – Para fortalecer sua marca

Quando as pessoas procuram sua empresa na Internet, o que elas encontram?

Nada? Comentários espalhados em blogs e sites aleatórios? Notícias velhas publicadas em jornais?

O site da sua empresa deveria ser a primeira coisa que aparece quando alguém procura por ela.

Além de que você é a melhor fonte de informação sobre sua própria empresa, ter uma versão online de seu negócio fortalece sua marca. Mostra que você cuida de todos os aspectos da empresa e que sabe quais são as necessidades do mercado atual.

3 – Para conhecer seus clientes

Um blog permite que você conheça seus clientes de formas que são impossíveis em outros âmbitos.

Claro que nada supera o cara a cara, a interação pessoal direta. No entanto, um blog pode lhe oferecer estatísticas sobre o que os clientes procuram, quais são seus interesses, padrões de compra e mais uma infinidade de coisas.

4 – Para interagir de forma pessoal com seus clientes

Novamente, o blog cria formas de interação que não seriam possíveis offline.

No blog você pode manter conversas constantes com seus clientes que são independentes de horários e localização geográfica. As pessoas podem comentar sobre seu serviço, dar sugestões e tirar dúvidas sem precisar se deslocar fisicamente ou usar o telefone.

É possível construir relações ainda mais pessoais devido à essa ausência de limitações.

Qual é a vantagem de interagir de forma mais pessoal com os clientes?

Se o cliente tiver que escolher entre dois serviços que atendem a mesma necessidade, é natural que se incline pela empresa que ele já conhece e na qual confia. Construir uma relação de confiança com seus clientes é uma das melhores formas de vencer a concorrência.

5 – Para melhorar o que você oferece

Os leitores do seu blog – seus clientes e prospectos – vão lhe oferecer feedback sobre seus produtos e serviços.

Você saberá – até mesmo sem perguntar – quais áreas precisam ser melhoradas, como você poderia expandir sua oferta, onde você deve investir mais tempo e esforço para obter melhores resultados… Sem pagar nada pela informação.

Se você usar essas informações com inteligência, poderá expandir seu negócio e aumentar suas vendas.

6 – Para apresentar seus produtos e serviços aos clientes potenciais

Como eu já disse, as pessoas estão se habituando a fazer pesquisas online antes de comprar.

Você pode – deve – aproveitar essa tendência para apresentar seus produtos e serviços a quem ainda não é seu cliente, mas está no processo de decisão pré-compra.

Mesmo que a pessoa não vá comprar nada hoje nem este mês, quanto mais ela estiver familiarizada com você, mais a balança se inclinará para o seu lado quando chegar o momento da compra.

A Internet é uma grande vitrine. Você precisa expor seu produto se quer ser encontrado.

 Exponha seu produto se quer ser encontrado.

E aqui não estou falando de expor seu produto em uma loja online, embora essa seja uma excelente opção para seu negócio. O que interessa aqui é ter um lugar onde você pode contar suas histórias, mostrar o que acontece atrás dos bastidores, explicar quais são seus diferenciais, revelar uma face humana que acompanhe a parte puramente comercial da empresa.

7 – Para ter uma casa própria

Mesmo que sua empresa tenha perfis nas redes sociais (como Twitter e Facebook), você precisa de uma “casa própria” – um espaço onde você dita as regras, e cujo destino somente você decide. As redes sociais devem ser portas de entrada à sua casa.

Por quê? Para começar, porque as redes sociais estão interessadas primeiro no que as beneficia, e depois (talvez quem sabe) no que você precisa e é benéfico para sua empresa. Só você pode cuidar da sua empresa como ela merece. No seu blog os seus interesses e os dos seus clientes estão sempre em primeiro lugar.

Segundo, porque o conteúdo que você gera nas redes sociais não é seu. Não realmente. Se amanhã alguém decidir suspender sua conta ou mudar as regras do jogo (como aconteceu recentemente com a “Welcome tab” das páginas de fãs do Facebook), você ficará a ver navios.

Por exemplo: digamos que você tem uma página de fãs no Facebook com milhares de seguidores. Se sua página for suspensa por qualquer razão (mesmo que injusta ou por acidente) você perderá todos os fãs que conseguiu (e não há forma de voltar atrás) – além de todo o conteúdo que publicou lá. E aí? Você recomeça de zero?

Se você tem um blog e divulgou o endereço entre seus fãs, a maioria deles saberá onde encontrá-lo. Ou o encontrará com uma simples busca no Google.

8 – Para ter publicidade a baixo custo

Um blog pode ser uma poderosa ferramenta de publicidade se for bem feito. O custo é mínimo: você só precisa de um bom domínio e um serviço de hospedagem decente (se você não faz idéia do que são essas coisas, não se preocupe – falarei sobre isso em outro post).

Claro que depois de criar o blog você precisará investir um pouco de tempo em mantê-lo. Esse investimento (tanto financeiro quanto de tempo) vale muito mais do que custa.

Além de construir uma presença online, você estará oferecendo ferramentas para que outras pessoas divulguem seu conteúdo. Se o conteúdo for interessante e útil, seus clientes farão propaganda boca-a-boca e atrairão mais olhos para o que você tem a oferecer. De graça.

Se o blog for realmente bom (e não simplesmente uma coleção de press releases), receberá links de outros blogs e menções nas redes sociais, aumentando muito sua visibilidade e consequentemente seus negócios.

Este é um dos principais motivos pelos quais um blog se diferencia de uma loja online ou site institucional: é extremamente difícil que alguém de fora da empresa mencione sua loja ou seu site em outro blog ou em uma rede social.

No entanto, um texto bacana e útil publicado em seu blog é o tipo de coisa que as pessoas compartilham espontaneamente, pois não serve exclusivamente aos interesses da empresa. Ele oferece valor a quem lê – e esse é o segredo para obter divulgação gratuita.

Propaganda boca-a-boca

9 – Para se posicionar como autoridade na sua área

Ter um blog com conteúdo especializado de boa qualidade coloca você – e sua empresa – como autoridade na sua área ou mercado. Compartilhando seu conhecimento você mostra que sabe do que está falando e que entende as necessidades do cliente.

Sendo uma autoridade você se torna uma opção à qual as pessoas recorrem naturalmente.

10 – Para construir relações de confiança com as pessoas

Já falei disto, mas vale repetir porque é o benefício mais importante que um blog pode trazer à sua empresa.

110% das pessoas que existem preferem comprar (seja lá o que for) de empresas e profissionais nos quais confiam.

Ninguém confia em quem não conhece. E não me refiro a conhecer no sentido de “saber que existe”.

Através do blog, você permite que as pessoas – clientes e prospectos – realmente conheçam você, sua empresa e seu produto ou serviço. Você conta suas histórias, fala de seus projetos, compartilha experiências, oferece um espaço onde é possível conversar com você.

Se o blog da sua empresa for um lugar onde as pessoas se sentem bem recebidas e ouvidas, elas voltarão. Se você oferecer conteúdo interessante e útil com regularidade (além de um bom serviço de atenção ao cliente e produtos/serviços de qualidade, claro), elas vão confiar em você, fazer negócios com você e recomendar seus produtos à outras pessoas.

Essa confiança não é passível de ser comprada. Mas pode ser conquistada, se você estiver disposto a fazer o trabalho necessário.

Calma!

Imagino que se você não sabe nada sobre blogs, está cheio de dúvidas. Eu sei que criar e manter um blog soa como algo complicado. No entanto, é bem mais simples do que parece.

Talvez você pense que blog é coisa de adolescente desocupado, que não serve para nada e da qual você não precisa.

Ou que basta criar um blog gratuito no Blogger, encher de fotos dos seus produtos e de textos que você envia às assessorias de imprensa (ou pior ainda, textos copiados de outros sites), e terá os benefícios que citei aqui.

Não é assim que a banda toca. Se você quer todos esses benefícios, precisa aprender algumas coisas. Como eu disse, é menos complicado do que você pode pensar, mas criar e manter um blog tem seus pequenos segredos.

Nos próximos posts desta série veremos como criar seu blog, que tipo de conteúdo você pode (e deve) publicar, e muitos outros detalhes.

Para não perder nenhum texto, assine o Blosquexpress (o formulário para assinar está logo após o fim deste texto). Você receberá por email minha newsletter com resumo semanal e textos exclusivos. É grátis! 🙂

Images: Ed Yourdon – CC By-Sa | Emilian Robert Vicol – CC By | Garry Knight – CC By-Sa | Parker Michael Knight – CC By-Sa

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Bê-a-Blog Volume II – Falta Pouco!

Next

Renove Suas Páginas e Crie Páginas Personalizadas

1 Comment

  1. Concordo com tudo o que disse. Só acho importante deixar claro que um blog não faz sucesso da noite para o dia, principalmente se você não tem uma grana para investir em sua divulgação. O pequeno empresário precisa ter muita paciência, sem deixar de lado a qualidade, se quer obter algum resultado seguindo por este caminho.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik