Blogando com Alma... Ainda.

4 Anos, 400 Posts

Este é o post de nº 400 deste blog.

E embora eu não tenha mencionado nada, o Blosque cumpriu 4 anos dia 22 de Junho de 2010.

Quatro anos, e parece que foi ontem que eu cheguei aqui. Ao mesmo tempo, parece que séculos se passaram.

E eu não sei bem o que escrever. Recebi ótimas sugestões no Twitter, e percebi que não é nada fácil avaliar ou analisar tanto tempo, tantos posts, tantas histórias.

Blosque - 4 Anos, 400 Posts

Imagem criada no Wordle.net

O Bauru diz que eu escreva “sobre como chegar aos 400 posts com essa vitalidade“.

O Philipe sugere “A importância simbólica dos números cheios na sociedade ocidental e a necessidade peremptória de atingir metas nas blogagens.”

O José Márcio pergunta “que tal relatar a evolução ocorrida do post 1 até a presente data?

O Inácio Rolim indaga: “Você passou algum tempo sem postar ou foi impressão minha? Se positivo, que tal falar sobre isso? O que te indispõe a postar?

Como eu disse, ótimas sugestões. E eu fico pensando, como é que cheguei até aqui? De onde tirei a vitalidade para evoluir do post nº1 ao nº400, para chegar a mais um número “cheio”, apesar de ter passado vários períodos sem postar?

Fui ver meus posts-aniversário anteriores:

Junho 2007 – Este Post É Pra Você

Junho 2008 – Dois Anos Atrás…

Junho 2009 – Três Anos… E Daí?

São 3 posts completamente diferentes. O que se mantém constante, de um ano para outro?

Você.

Você que me acompanha desde sempre ou desde a semana passada. Você que conversa comigo no Twitter, que me deixa comentários falando sobre os tênis que esqueceu na máquina de lavar. Que lê, mesmo que nunca comente; que linka meus textos, que concorda e discorda, que reclama quando eu não escrevo e fica feliz quando apareço novamente.

Em todos os tropeços e quedas que tive ao longo destes 4 anos nesta indústria vital, o que me deu ânimo para levantar e continuar caminhando, foi saber que você estava aí do outro lado.

E tudo, absolutamente tudo que eu escrevo e faço aqui, é com o objetivo de retribuir a atenção que você me dá.

Por isso, durante este mês de Agosto, vou tentar compartilhar com você o que aprendi nestes 4 anos de blog, de forma resumida e mais ou menos coerente. Vou contar um pouco de como foi minha experiência, traduzindo essa experiência em conceitos práticos (dentro do possível).

Estou planejando escrever posts sobre o seguinte (não necessariamente nessa ordem):

  1. Meus Melhores Posts (na minha opinião)
  2. Os posts e blogs que mais me influenciaram como blogueira
  3. O lado bom de blogar
  4. O lado ruim de blogar
  5. O que eu gostaria de ter sabido quando comecei a blogar,e ninguém me disse
  6. Sobre comentários – porque eu mantenho comentários abertos
  7. O que mudou na blogosfera desde que eu comecei
  8. Como eu cheguei até aqui – o método Nospheratt 😛
  9. Respondendo Perguntas dos Leitores

Esse último post será escrito com a sua colaboração. Se há alguma coisa relacionada com blogs que você sempre quis me perguntar, este é o momento! Envie sua pergunta através do Formulário de Contato, e por favor coloque no campo “Assunto” a tag #4anos – assim posso separar facilmente suas perguntas.

Você pode mandar sua pergunta até o dia 22 de Agosto. E não esqueça de colocar o nome e a url que você deseja que sejam utilizados como crédito para a sua pergunta! 😉

Tentarei responder todas as perguntas no post (incluindo as que me fizeram no Twitter), sempre e quando tenham a ver com blogs de alguma forma – e desde que a resposta seja de interesse geral dos leitores, claro.

Então, por hoje é isso. 4 anos, 400 posts.

Graças à você. E espero que dentro de mais 4 anos e mais 400 posts, eu esteja novamente repetindo:

Obrigada!! 🙂

Blosque - 4 Anos, 400 Posts
Crédito da Imagem Original: Woodleywonderworks – CC – By

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Viajando no Tempo: Meus 7 Links

Next

Consulte Seu Futuro

11 Comments

  1. Nossa! Quatro anos, 400 posts… é muita coisa. Parabéns por tantos textos de qualidade e que me ensinaram e inspiraram tanto.

    Adorei a lista e mal posso esperar para ler todos os itens.

    Beijos!

  2. Quem possui um blog e prima pela qualidade dos textos, sabe bem o quão difícil é essa tarefa. Pesquisar, elaborar, revisar, publicar, corrigir, são verbos constantes para um blogueiro que busca o mínimo de qualidade.
    No seu caso, é público e notório que desde o 1º até a presente data, nunca tenhamos presenciado no seu blog um post que estivesse em um nível inferior ao anterior.
    Acho que o mais importante e prazeroso na sua trajetória é isso, a constatação que nesse período, você evoluiu, sem jamais perder a qualidade e a essência.
    Parabéns! E que venham outros tantos, para o bem da blogosfera.

  3. Menina, as explicações sobre como chegou até aqui foram muito bem dadas. É bem legal encontrar blogueiros cuja motivação seja tão somente compartilhar o que aprendeu ao longo do tempo de vida do blog. Mesmo antes de me atrever a escrever em blogs eu já ouvia falar do você e se é o que é hoje é porque soube lidar com as vitórias (não deixando o ego inflar) e com as derrotas (não se abatendo e encontrando forças para levantar-se, sacodir a poeira e dar a volta por cima). Parabéns pelo aniversário do blog, parabéns pelos 400 posts (que são verdadeiros mesmo e não encheção de linguiça) e obrigado por estar aí desse lado do blog fazendo com que minha vida de blogueiro fique extremamente mais fácil.

  4. Acompanho o Blosque a pouco tempo, mas, do pouco tempo que estou acompanhando estou gostando muito.
    Até parece que cheguei em uma hora boa o/ Espero que sim, né?
    Parabéns pelo blog, achei ele maravilhoso, muito bem escrito, explicativo e bem objetivo.

    Parabéns pelos 400 posts e pelos 4 anos 🙂 e que o Blosque venha a crescer mais!

  5. Parabéns (atrasado)!! Gostei da lista… é bem capaz de eu aproveitar alguns desses ganchos pra escrever no ddf. 😉

  6. Parabéns atrasado também! Ler os 4 anos de posts deveria ser requisito para quem quer iniciar um blog. 🙂

  7. Eu já conheço este há muito tempo mas, atualmente tenho lido todas as publicações, compartilhado em Redes Sociais e indicado a amigos. Ontem mesmo falei de você para meu filho e ele me perguntou se eu te conhecia…rs
    Tudo aqui é fantático, você é muito inteligente e tem um jeito especial de ver as coisas da vida, tanto as simples quanto as mais profundas e complexas. É formadora de opinião!
    Parabéns pelo que escreve para nós e ser exatamente assim, como é!
    Leio e releio : “Produtividade e Organização”, Melhore Seu Blog e “Começando a Blogar”. São artigos para estudo e análise, ao meu ver, e não para ler e…esquecer de tomar atutudes. A cada dia, quando tenho tempo, aplico um pouquinho no meu blog e em minha vida pessoal.
    1000 beijos e que venha mais centenas de 400 posts!!!

  8. Olá,parabéns,muitos anos de posts pra você!Estou começando minha história como blogueira agora,sou uma recém-nascida pode-se dizer,mas estou com muita vontade de, quem sabe, ainda poder comemorar assim como você 4 anos e 400 posts.
    Adoro seu blog,descobri ele recentemente e te confesso, é a minha escola.tenho que te agradecer pelas dícas fantásticas…evernote, 31 sites onde achar imagens….e tantas outras coisas que , confesso,aproveito muuuiiitoo!
    Beijos,sucesso!

  9. Felicitações por um grande e inspirador trabalho. E que venham muitos anos mais.

  10. Nosphie, parabéns pelos quatro anos de sucesso muito merecido do Blosque! A maneira como você mostra o caminho das pedras, o jeito de escrever, é que dá o diferencial entre tantos outros blogs similares.
    E obrigado,do fundão do coração, pelas orientações, dicas, palavras de incentivo e puxões de orelha contidos nos posts e e-mails trocados.
    Um grande abraço!!!!!

  11. Hi, Mestra Nospheratt…

    Antes de qualquer coisa, cabe uma pergunta, esquisita, mas pertinente: Mereço morrer lentamente ou no estiloso método Vapt-Vupt?

    Pois é… Citado e linkado por nosso (Sim, NOSSO! Pois seu blog extrapolou todos os limites de propriedade individual e já não mais TE pertence. Pertence a todos nós que, de uma forma ou outra, fazemos parte da Blogospfera Mundi!) importante Blosque e eu (vou me matar, juro!) ainda não tinha dado o ar da graça nos comments deste post…

    IMPERDOÁVEL! Mas esqueçamos, pelo menos por enquanto, o meu merecido fim…

    Desde que principiei na blogosfera, dois anos atrás, tenho encontrado aqui, quaisquer que fossem as minhas dúvidas, as respostas mais apropriadas, escritas de forma didática, simples, mas com seu estilo próprio, elegante, sincero e altaneiro!

    Como nosso amigo José Márcio já falou, desde o primeiro post até este, sua escrita/aula só melhorou, a cada post. Por isso, comentei no Twitter que estava sentindo sua falta, agora suprida, com este e outros tantos posts maravilhosos que virão!

    Esta qualidade de textos é o que conferiu ao NOSSO Blosque a importância que ele, e VOCÊ, off course, tem para o universo blogueiro!

    Por isso, Mestra, como todos os reconhecimentos já estão postos, aqui, explicitamente, ou no coração de cada um, que sempre vem pescar conhecimentos nos seus posts, resta-me, agora, apenas dizer: ‘Brigaduuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

    (Mas que eu vou me matar, ah!, isso eu vou!)

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik