Blogando com Alma... Ainda.

Definição de Problogger: Vagabundo, Desocupado Que Ganha Dinheiro Fácil

ducks lake

Blogueiro – s. m.,
vagabundo, desocupado;
Problogger – s. m.,
vagabundo, desocupado;
aquele que ganha dinheiro fácil.

Essas definições se encontram no dicionário de muita gente.

O Luiz Aquino escreveu um post falando sobre a famigerada idéia que as pessoas têm de que quem trabalha com Internet (e principalmente os blogueiros, diria eu) é um vagabundo que passa o dia todo sem fazer nada. Ele diz:

Se quer ter um blog prepare-se para solidão…

É bem diferente quando o cara é um médico, ou advogado. Desde seus estudos ele é visto como alguém que está em uma carreira promissora… no claso do blogueiro… ele ainda é visto como um desocupado e à toa que não gera nada de útil… e o pior é quando o preconceito lhe coloca à margem da sociedade… é aquela velha confusão as pessoas primeiro confundiam um gabinete com CPU; depois foi a confusão entre craker e hacker, agora é a vez de confundirem o blogueiro com desocupado…

Verdade. E essa idéia não foi inventada pelos brasileiros…

Uma Espiada Por Trás das Câmeras dos Blogs de Sucesso

O papa do Problogging, Mr. Darren “Problogger” Rowse, se enfrenta com o mesmo preconceito. Em seu post A Glimpse Behind the Scenes of Successful Blogs, ele conta:

Uma das imagens que me vem à mente sobre minha própria experiência com os blogs é que para quem olha de fora, pode parecer que blogar é uma tarefa que praticamente não demanda esforço – como um cisne ou patos deslizando graciosamente através de um lago. Entretanto, sob a superfície nós todos sabemos que os cisnes e os patos fazem qualquer coisa menos deslizar – eles remam furiosamente.

Minha experiência com os blogs é que a esperiência com blogs é qualquer coisa menos um gracioso deslizamento – ainda assim, quando converso com alguns leitores eles me dão a impressão de que pensam que eu fico na cama pelas manhãs – escrevo rapidamente um post, enquanto tomo uma xícara de café acompanhada por uma torrada – e depois não olho o blog outra vez até o dia seguinte.

Claro que essa é uma idéia completamente equivocada.

Atividades de blogueiro

Para demonstrá-lo, Darren fez uma lista das atividades com as quais os bloggers e probloggers se ocupam “por trás das câmeras” – aquelas tarefas das quais os leitores e os PreBloggers (como ele chama quem está pensando em entrar no mundo dos blogs) não têm conhecimento:

  • Postar Posts
  • Pesquisar assuntos para os Posts
  • Moderar Spam nos Comentários
  • Lidar com Trolls nos Comentários
  • Responder Comentários
  • Responder Emails dos Leitores
  • Acompanhar o que outros blogs do mesmo nicho escrevem
  • Acompanhar o que os meios (mainstream) escrevem sobre o nicho
  • Comentar em outros blogs
  • Administrar Servidores
  • Renovar Domínios
  • Marketing/Branding para o blog
  • Perseguir blogs-spam que roubam seu conteúdo
  • Promover posts para outros blogueiros relevantes
  • SEO – Search Engine Optimization
  • Design do Blog
  • Monitorear Estatísticas e Métricas do Blog
  • Testar estratégias de monetização
  • Administrar pagamentos, depositar cheques, emitir notas fiscais para anunciantes
  • Fazer Networking (rede de contatos e relacionamento) com outros bloggers via IM ou email

Lista longa, né? Eu acrescentaria mais alguns itens:

  • Monitorear relatórios de ganhos
  • Pesquisar Themes/Layouts
  • Modificar o blog (widgets, plugins, links, etc.)
  • Escolher imagens para os posts
  • Fazer upgrades no CMS
  • Participar de fóruns e listas de discussão
  • Testar novas aplicações e ferramentas
  • Resolver problemas técnicos
  • Ajudar outros bloggers
  • Se adequar às mudanças de TOS dos programas de monetização

Blogar não é tarefa fácil

Tenho certeza de que estou esquecendo mais coisas. Como você pode ver, blogar NÃO é trabalho para vagabundo. É um trabalho como qualquer outro, com suas alegrias, tristezas, satisfações e dificuldades. Requer disciplina, compromisso, dedicação, bom humor e paciência.

Mas isso não deve lhe desanimar. Se você quer trabalhar em casa, ser seu próprio patrão e escolher seu horário, blogar profissionalmente pode ser ideal para você… Sempre e quando esteja disposto a se comprometer com o blog, a ser disciplinado, dedicado, bem humorado e paciente.

Se você está disposto à “remar furiosamente” sob a água, vai nessa que é bom à beça. Blogar é o melhor trabalho do mundo, para quem é apaixonado por blogar! 🙂

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Ganhe um Domínio Grátis – Promoção BrPoint

Next

50 Dicas de Usabilidade que Ajudam a Atrair e Reter Visitantes – Parte I – Design

13 Comments

  1. Lu

    Nem precisa ter pretensões de problogger – basta levar a coisa um pouco mais a sério e buscar qualidade que todo essa trabalho já aparece. Às vezes tenho até saudades da época em que, realmente, escrevia um post entre um café e uma torrada e só abria o blog de novo no dia seguinte…

  2. Rodrigo Villasboas

    Na verdade isso não é de espantar. A maioria das pessoas acha que o maior esforço de um professor é enfrentar a turma para dar aula. Numa atividade recente e no uso de tecnologia que a grande maioria das pessoas ainda desconhece é compreenssível. Mas se formos olhar mais a fundo, o ser humano ainda confunde trabalho com esforço físico. “Médico que não opera” não é competente ou não se saiu bem nos estudos.A humanidade não caminha a passos tão largos como gostaríamos e a evolução é algo que se processa em milhares de anos.

  3. celsojunior

    Uma amiga virou pra mim outro dia e soltou a pérola: “isso que você faz não é trabalhar, você nem sabe o que é ralar de verdade”.Eu só virei pra ela e disse: aposto que eu ganho 5 vezes mais que você sendo o vagabundo que sou!Oh vida difícil… haha!Beijos, querida. =D

  4. Anny Rose

    O grande problema é justamente o que o Rodrigo falou, “o ser humano ainda confunde trabalho com esforço físico”.

  5. david

    Bom no meu caso essas tarefas me consomem apenas 2 horas por dia. :pPs: tem um erro de ortografia no começo, que deveria estar escrito caso, está “claso”

  6. Pankwood

    “Perseguir blogs-spam que roubam seu conteúdo”Fiquei pensando neste tópico, vira e mexe eu vejo blogueiros novatos copiarem os meus posts na integra, até a imagem que eu usei eles também usaram : (Como eu faço para eles pararem com isso, sendo que não dão os devidos créditos ?

  7. Nospheratt

    Lu: É verdade. Apesar do que pensam, bloger (seriamente) não é trabalho fácil, não. Querendo grana ou não.Rodrigo: “O ser humano ainda confunde trabalho com esforço físico”. Eu não o teria dito melhor. Eu cheguei a conhecer uma menina que desprezava o trabalho do marido (técnico em Informática) e dizia que ele era um vagabundo pois trabalho de verdade era estivar no porto. :SCelso: Você devia era dar uns cascudos nela! Ou ralar é só quando tem um chefe pisando na sua cabeça?? Beijos!Any: Exato. Ô pensamento atrasado, né?David: Espera só a coisa ficar mais séria e você vai ver. Duas horas não dá, não dá meeeesmo! Obrigada pela dica, vou corrigir!Pankwood: Dá uma olhada nos meus posts da categoria “Plágio”, tem um monte de dicas e métodos para resolver o problema. Espero que ajude.

  8. Nospheratt,

    Nossa! Você disse tudo e mais um pouco! Cá eu estou às duas da matina “relaxando” porque passei o dia anterior inteiro fazendo posts (e no meu caso ainda tem que ilustrar os ditos), respondendo a comentários, enviando e-mails, melhorando o design do tema para facilitar a navegação dos meus queridos comentaristas, fazendo backups, vendo estatísticas e mais um montão de detalhes que ninguém nota.

    Se ser blogueiro fosse moleza, os computadores já viriam de fábrica com a tecla “postar no blog”.

    Um grande abraço,

    .faso

  9. .faso: Mas é isso, né? Levar um blog a sério, e ainda mais profissionalmente, dá um trabaio do caraio! 🙂

    PS – Sabia que “faso” em Espanhol é gíria para cigarro, aqui por estas bandas? 😛

  10. otimo post, é uma pena que a grande maioria das pessoas não tenham conhecimento disto e não pensem desta mesma forma.

  11. Estou montando meu blog aos poucos e confesso que pensei que fosse bem mais fácil. A minha intenção é mostrar meu trabalho de Organizadora Profissional, o blog será meu portifólio e contato para novos negócios e parcerias. Estou enlouquecendo com tantos detalhes, tentando entender tudo o mais rápido possível para, assim alavancar de uma vez por todos o meu vôo.
    Adoro o seu blog, leio tudo, melhor dizendo, devoro.
    “Quando crescer quero ser igual à você” num sentido positivo de admiração pelo seu trabalho.
    Obrigada pelas dicas e continue assim passando seu conhecimento sem medo, porque o seu espaço você já conquistou!!!!!!!!
    Bjs
    Inês

  12. Já não me preocupo com opinião alheia (tá, só um pouco com a opinião de alguns poucos). Por mais que você trabalhe a maioria não reconhece porque não entende como é feito e como é difícil fazê-lo.

    Obs.: Tô atrasado alguns anos mas não podia deixar de comentar.

  13. E tem que bloggar com frequência, e não desanimar. Se o conteúdo for bom, foca no trabalho que os leitores virão.

    Parabéns pelo seu blog!

    Abraço

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik