Blogando com Alma... Ainda.

Seu Blog É Sobre O Que Mesmo?

Quando uma pessoa entra no seu blog pela primeira vez, ela consegue perceber rapidamente qual é o assunto do blog?

Seu Blog É Sobre O Quê Mesmo?

Não importa se é um blog pessoal ou sem foco definido; o "visitante de primeira viagem" precisa entender rapidamente qual é a proposta do blog, para que ele não se sinta perdido ou indiferente. Se a pessoa não conseguir captar logo o que o blog tem a oferecer, provavelmente irá embora após poucos segundos, para não voltar mais.

Como podemos transmitir essa informação de forma simples e clara? Mesmo que seja um blog pessoal ou sem foco, existem formas de informar isso aos visitantes: focando no que é mais relevante visualmente, e no que é mais interessante dentro do assunto principal do blog.

1 – Nome

Há exceções, mas no geral é uma boa idéia que o nome do blog esteja relacionado de alguma forma com o assunto dos textos.

Isso não é imprescindível (como você pode ver neste mesmíssimo blog :P), mas se você for capaz de dar um nome ao blog que seja criativo, original E relacionado com o assunto/área sobre o qual você escreve, tanto melhor.

2 – Tagline

Ou "slogan", é a frase que costuma acompanhar o nome do blog. No Blosque é "Blogando com alma."

A tagline é um elemento ao qual se deve prestar muita atenção, pois ela é um dos elementos mais importantes para transmitir rapidamente o assunto do blog. Ela não precisa ser perfeita nem definitiva – é natural que ela seja melhorada e evolua ou mude com o passar do tempo, acompanhando a evolução e as mudanças do blog.

No entanto, é uma coisa que merece um pouco de tempo e análise. Sua tagline expressa bem o assunto, o tom e/ou a proposta do seu blog? Ela está lá desde que você começou a blogar e está com a "validade" vencida?

Você nem sequer tem uma tagline? Pense em criar uma.

Precisa de mais dicas ou quer se aprofundar no assunto? Leia Blog Brand – Elementos da Marca – Slogan

3 – Header

O header ou cabeçalho é a primeira coisa que uma pessoa vê ao entrar no seu blog.

Ele pode ter imagens, gráficos ou apenas tipografia (texto). O importante é que ele seja bonito, e de preferência que também reforce a informação sobre a proposta do blog.

No meu caso, essa informação está incluída de forma um pouco subjetiva. A intenção das árvores no logo é informar (de forma subjetiva) que blogs são coisas vivas, orgânicas. O próprio nome faz pensar em "bosque", embora isso não seja intencional.

Se você tirar a tagline, provavelmente as pessoas que entrassem aqui sem saber do que trata o blog pensariam que ele tem a ver com plantas e árvores. 😛

Apesar disso, o conjunto header+tagline+menu (já vou falar disso) deixa claro que este blog fala sobre… blogs.

4 – Menu

O menu de navegação no topo é outra forma importante de informar rapidamente qual é o assunto do blog. Escolha links que estejam relacionados às áreas mais importantes dentro da sua proposta, e use âncoras (o texto do link) claras.

5 – Layout

Dependendo do caso, o próprio layout do blog pode ser suficiente para informar rapidamente o assunto do blog. Além das cores, os elementos gráficos do design podem sugerir qual é a sua proposta ou foco mais importante.

Por exemplo: um layout que tenha panelas e alimentos no design sugere um blog sobre cozinha.

6 – Imagens

Seguindo a linha do ponto anterior, as imagens que você usa podem ser indicativo do assunto dos seus textos.

Eu não uso esse recurso – até porque não há muitas imagens que representem blogs. 😛 Mas se você entra em um blog e ele está cheio de fotos de bicicletas e ciclistas, provavelmente é um blog sobre ciclismo, né? E assim por diante.

7 – Categorias

Não só pela questão de informar de que trata o blog mas por causa da organização e usabilidade do blog, a maioria das suas categorias deveria estar dentro do assunto principal sobre o qual você escreve.

Evite ter muitas categorias genéricas. Se realmente precisa de uma categoria para assuntos variados, crie uma só para as miscelâneas, e procure deixar as outras relacionadas com o assunto do blog.

8 – Links na Sidebar

Aqui entram tanto os posts destacados do seu blog como links para outros blogs.

No caso dos destacados, escolha os posts que são mais relevantes para o assunto do seu blog.

Os links de outros blogs podem ser divididos em duas partes: blogs sobre o mesmo assunto, e blogs que falam de outras coisas. Essa divisão facilita a vida do seu leitor, caso ele esteja procurando mais blogs sobre a mesma coisa. 😉

9 – Texto na Sidebar

Se tudo mais falhar, você pode colocar um pequeno texto no topo da sidebar, explicando qual é o assunto/proposta do blog.

Caso decida usar esse recurso, não exagere no tamanho do texto. Dois parágrafos no máximo, ou ninguém vai ler o que você escreveu, e o texto passa a ser entulho.

Se precisar ou quiser discorrer mais, coloque um link para sua página de "Sobre" e escreva mais por lá.

Finalizando

Lembre-se: você sabe exatamente do que trata seu blog, e o que ele tem a oferecer ao visitante. É importante que o próprio visitante também saiba, e você só tem alguns segundos após a chegada dele ao seu blog para captar sua atenção.

Image: Roger Price – CC

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Como Evitar Que Suas Imagens Invadam a Sidebar

Next

Organize Seus Blogs Com Um Wiki

5 Comments

  1. Cheguei a pensar em dizer que isso não funciona pra blogs sem foco como o meu… mas você provou que funciona. 🙂

  2. Nosphie,
    Saudações de Belo Horizonte!!

    UAU. Você voltou com tudo, hein, garota?? Estou “devorando” todos os seus Posts.
    Este, por exemplo, AR-RA-SOU.
    Conferi item por item no meu Blog…
    … E como sou leitora/internauta assídua do BLOSQUE há quase 1 ano, bem, não é preciso dizer que muito (muito mesmo) do que escreveu acredito que já ponho em prática.

    OBRIGADA!!

    Saúde e Paz a você e a Todos os Outros Fãs do BLOSQUE!!
    ~~~

  3. Escrevo pra dizer que sou uma leitora assídua do teu blog,gosto muito dos posts e da forma como você escreve,tudo muito fácil de compreender e bem acessível também,espero um dia também poder incorporar tantas coisas boas assim no meu blog…
    abraço =)

  4. Nunca havia visto por esse lado, e me pareceu um tema realmente importante.

    Eu mesmo nunca me atentei a esse fato, até porque meu blog é genérico.

  5. Oi, gostei muito deste post, eu uso o texto para informar aos meu leitores que meu blog é sem foco, por enqunto ele esta no começo mas já recebo bastante visitas. Obrigada pelas dicas que você posta é muito útil a mim, uma blogueira iniciante.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik