Blogando com Alma... Ainda.

Quanto Vale Sua Liberdade?

Xô Censura! Quanto Vale Sua Liberdade?

Não vou falar de novo o que já foi dito com perfeição. Joaninha fala de direitos e ação: Blogagem Política: porque lutar é preciso. Lu Monte explica tintim por tintim o Projeto de Cibercrimes – colocando os pingos nos is e fala sobre o Projeto de Lei de Cibercrimes (de novo) e outras coisas.

Muita gente está falando, publicando, explicando. Lutando. Eu mesma falei sobre o PL (projeto de lei) do senador Azeredo, que paira sobre nós como uma nuvem escura e ominosa. E venho com este post participar da Blogagem Política.

E você? Fez alguma coisa? Vai fazer? Deveria.

Porque o negócio é o seguinte. Liberdade, esse grande e tão necessário bem, é uma coisa muito, muito frágil. É como uma plantinha delicada, uma cesta de ovos – uma coisa que precisa ser vigiada, protegida, cuidada, para que possa continuar existindo.

Vou contar uma coisa pra você: a liberdade do povo, não é coisa que interesse ao governo (enquanto instituição). Mesmo que o governo não tenha miras de restringir a liberdade do povo, ela não é uma coisa que esteja entre as prioridades da maioria dos governos.

A liberdade do povo não é necessária para que o governo possa governar, não lhe rende dinheiro, e em muitos casos é um obstáculos aos seus propósitos – principalmente quando são escusos.

Eu resumiria isso assim: o governo pode não ser contra a liberdade do povo (alguns governos são, outros não) mas nunca vai ser ativamente à favor. As coisas até podem parecer diferentes disso, mas não são.

O que nos deixa com uma obviedade: a liberdade do povo só é realmente do interesse do povo. E quem tem que defender essa liberdade, é o povo. Você. Eu. Nozes.

A sua liberdade vale tanto como para que você se mexa e faça alguma coisa para defendê-la?

Joaninha avisa: “Se você é preguiçoso, acha que não vai fazer a diferença, te conto: faz”. E propõe: “Que tal a gente conseguir mais de 100 mil assinaturas na petição?”

Que tal a gente conseguir mais de 100 mil assinaturas na petição? Se você ainda não o fez, vai lá e assine a petição!

Que tal participar da Blogagem Política? Que tal escrever sobre o assunto no seu blog, Orkut, Twitter, divulgar a questão onde seja possível? Fazer alguma coisa em defesa da sua liberdade?

Se você ainda não fez, nem pretende fazer nada, eu pergunto: porquê? Sua liberdade não vale o suficiente? Tem certeza?

Sabe, talvez este projeto de lei não acabe de vez com a liberdade de ninguém. Provavelmente não o fará, nem nenhum outro projeto de lei.

O que pode algum dia acabar com a liberdade de todos, total e absolutamente, é a indiferença, a apatia, o conformismo, a preguiça, o “não tenho tempo”, o “deixa pra lá”, o “não faz diferença”. Quando essas coisas se tornam hábitos, cabou-se. Game Over.

Quem pode matar a liberdade, é o povo. Eu. Você. Nozes.


Technorati : , , , , ,

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Todas as Generalizações São Idiotas, e Todas as Generalizações Têm Exceções

Next

Blogais – Edição Especial Eventos & Novidades

5 Comments

  1. Já são mais de 69 mil assinaturas Nosphie! A gente consegue!

  2. Mais de 72 mil assinaturas agora. Bom, 3 mil de ontem para hoje não é tão ruim. Ou é? Tipo, eu tenho 200 visitas/dia. Acho que não posso ajudar muito, numericamente falando 🙂

  3. Aí, Fábio, lembra daquela história do passarinho que carregava água no bico para ajudar a apagar o gigantesco incêndio na floresta? Apesar de pequeno, ele estava fazendo a sua parte.
    É a mesma coisa aqui: cada um faz a sua parte, não importa quantidade de visitação, não importa pagerank…tem que participar.
    Grande abraço.

  4. Fábio: Unidos, a gente consegue, sim! E como o Bruno bem disse, cada um faz a sua parte. Não importa se você “recrutou” 2000, 200, 20 ou 2 pessoas. Lembre-se de que o todo é feito de partes.

    Além do que, cada pessoa que viu isso no blog, vai comentar com outra, que vai comentar com outra, que… Captou? 🙂

    Bruno: Coberto de razão. Todo mundo tem que ajudar, com o que possa; só assim vamos atingir nosso objetivo. 🙂

  5. acleisiane

    muito bom mais escreve mais a respeito da liberdade
    é muito bom saber que a gente é livre não estou certa

    vai em frente que você comseque
    muitas pessoas vão querer comenta sobre o seu
    bloq

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik