Blogando com Alma... Ainda.

Pior Mesmo é Não Lembrar – Desafio das Listas

Flamingos

Como eu costumo dizer, “más vale tarde que más tarde aún”. Aos 57 do segundo tempo, sai o post de hoje do Desafio das Listas. E você estava aí pensando que eu tinha desistido. 😛

O tema de hoje é “O pior conselho/dica que você já recebeu“.

Tá difícil de escrever este post. Não lembro de nenhuma dica ou conselho memoravelmente ruim para citar. Então, vou listar algumas coisas que são comuns e inclusivemente aconselhadas, mas eu não faço:

  • Ficar de olho nos números – visitação, assinantes de feed, rendimentos, etc. Eu olho essas coisas de vez em quando (nunca todos os dias, olho semanalmente ou com menos frequência ainda), mas não me preocupo muito com isso. A experiência me mostrou que isso não é produtivo. Os números são os mesmos, quer eu esteja olhando pra eles ou não.
  • Usar palavras-chave. Pode ser que isso seja produtivo, mas parei de pensar nisso há muito, muito tempo. Prefiro escrever o que tenho vontade, o que acho útil e importante, e usar as palavras que me parecem mais adequadas para que o texto seja interessante e divertido de ler. Se minha visitação é menor por causa disso, so be it.
  • Participar de redes de blogs. Já fui convidada para algumas, mas ainda estou esperando que alguém que realmente entrou nelas me conte que valeu a pena ter entrado – seja em rendimento ou visibilidade. Há exceções (suponho) mas no geral, não vale a pena.
  • Usar o Twitter como canal de promoção do blog. De momento, eu tenho várias contas (uma para cada blog) mas só uso @Nospheratt – e é meu Twitter pessoal. Não sigo nenhuma regra lá. Falo o que me dá vontade, sobre o que me interessa ou parece divertido, me queixo, comemoro, xingo muito (é claro :P). Twitto meus posts, sim, mas não procuro que meu stream seja especialmente útil ou específico sobre assuntos relacionado ao blog. Provavelmente por isso não tenho muitos seguidores, mas não estou lá para ser famosa – estou lá para me comunicar. E só. Eu adoooooooro o Twitter, justamente porque não tenho restrições lá. 🙂

Essa lista mostra que o que é recomendável, útil e produtivo para alguns (ou muitos) nem sempre vai ser nenhuma dessas coisas para você. Nunca faça algo só porque “todo mundo faz assim e diz que eu deveria fazer o mesmo” ou “é assim que as coisas são” ou “funcionou pro Fulano“. Nunca.

O tempo está acabando, de modos que fico por aqui. Estou oficialmente em dia com o Desafio, viva!! Só tenho que escrever mais 2 posts para completar a cota da semana. 😉

Image: Pedro Szekely – CC

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Pernas, Sapatos Vermelhos, Histórias – Desafio das Listas

Next

Procrastinando Henrique Cardoso – Desafio das Listas

4 Comments

  1. Ai que bom! E eu não pensei que você tinha desistido, sabia que não ia voltar atrás. Eu também tinha atrasado um post, mas no outro dia ele estava lá!
    Eu fiquei a tarde inteira online no blosque pra ver se o post tava aí, qu bom que agora tá!
    O link do meu:
    https://blogdamazzei.blogspot.com/2011/05/8-dia-do-desafio-das-listas-o-pior.html
    E só mais uma coisa:
    Não entendi direito o tema de amanhã… sou muito inculta, procrastinando quer dizer.. enrolando? se for isso o post de amanhã tá pronto!
    Obrigada!

    • 🙂 Procrastinando é enrolando sim, deixando sempre pra depois.

      Agora vou lá ler seus posts. 🙂

  2. Estou adorando participar. Estou escrevendo em um estilo um tanto diferente (sou prolixa) e isso tem me dado muito prazer (gosto da diversidade). Hoje fiz 2 em 1 pra ficar dentro dos prazos. Beijos e parabéns pela idéia…

  3. Nospheratt,
    Saudações de Belo Horizonte!!

    O que seria de mim sem você? E do Blog A CATÓLICA?

    Só não falo que você e o seu Maravilhoso Trabalho no BLOSQUE são a luz, porque A Luz é Jesus Cristo. Mas, são uma lanterna das boas, que se acendem naquelas horas cruciais de escuridão, tipo: “Tô perdida, perdidaça mesmo! Uma luz, Meu Deus!”.

    Não estou participando do Desafio das Listas, MAS…
    … Quero usar este espaço do comentário para falar da minha experiência de quase 10 meses como Bloggueira (com dois Gs, porque – ainda – sou do Blogger):

    “O pior conselho/dica que você já recebeu”
    Resposta:
    Não diria que foi “pior”, mas diria que me pareceu bem inútil. Já até escrevi um Post a respeito n’A CATÓLICA, cujo título é “Saiba o que descobri 8 meses Bloggando” https://www.acatolica.com/2011/03/saiba-o-que-descobri-8-meses-bloggando.html .

    O conselho é: “Comente em outros Blogs para atrair visitas para o seu”.

    Fiz isso e… Não atraí. E, se atraí, foram uma ou duas. No Máximo. E nenhum comentário.

    Descobri que o que atrai visita é um trabalho bem feito, que solucione a(s) dúvida(s) de um ou vários internautas. Por isso, (não sei a porcentagem ao certo, porém) pelo que vejo no contador do meu Blog, o Histats, a Grande Maioria dos que navegam pel’A CATÓLICA acharam o Blog por mecanismos de busca, como o Google.

    E, pelo tempo médio de visita por página, posso aferir que a pessoa leu o que escrevi, ou seja, o que escrevi pode ter ajudado esse inernauta a tirar a sua dúvida.

    Decidi, portanto, parar de comentar em “Blogs populares” – cheguei até a comentar no do Paulo Coelho, imagine! – e me concentrar em 1) CAPRICHAR nos meus Posts e 2) aumentar a frequência de publicação deles. Quanto aos “comentários”, SÓ COMENTO naqueles que curto, como o BLOSQUE – e o objetivo NÃO é atrair visitantes para o meu, e sim manifestar o que eu achei do trabalho feito. E só.

    Beijos!

    Saúde e Paz a Você e
    a Todos os Seus Internautas!!

    ~~~

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik