Blogando com Alma... Ainda.

11 Formas de Fracassar Como Blogueiro

Você sempre quis saber como fracassar, falhar miseravelmente como blogueiro, mas nunca teve coragem de perguntar #comofas?

Este post é pra você! Falhar é mais fácil do que parece.

Infelizmente, praticar só uma ou duas destas formas de falhar não é garantia de que você fracassará. No entanto, não tema; comece com uma ou duas, e vá incorporando outras ao longo do tempo.

Quando for expert em todas elas, seu fracasso estará garantido!

11 Formas de Fracassar Como Blogueiro

Se eu tirar esta caixa...

1 – Persista no Erro

Uma frase famosa, erroneamente atribuída a Albert Einstein, diz: “A definição de insanidade é fazer a mesma coisa uma e outra vez, e esperar resultados diferentes.”

Então, persista no erro. Continue escrevendo sobre coisas que não interessam a ninguém. Insista em levar adiante projetos que foram abandonados há anos e que já fracassaram rotundamente várias vezes. Mantenha-se firme em encher seu blog de bagulhos e coisas inúteis.

Quanto piores os resultados obtidos no passado, mais você deve persistir!

2 – Desista

Por outro lado, se você tem algo valioso e cheio de potencial nas mãos, a melhor forma de falhar é desistir. Afinal, qualquer coisa que preste dá muito trabalho, e nós não queremos trabalhar.

Se o mundo não reconhecer sua genialidade no primeiro twitt que você fizer à respeito, desista. Sem apoio e reconhecimento, sem gente que faça as coisas para você e diga a cada passo como você é fodásticamente genial, não dá, né?

Não importa se a idéia ou projeto é excelente; desista já mesmo, antes que ela levante vôo.

3 – Seja Chato. Muito Chato.

Fale sobre coisas esotéricas, metafóricas e intelectuais que só interessam aos seus camaradas de filosofia. Desdenhe de qualquer coisa que não seja tão brilhante quanto Kant ou Herman Melville. Critique ferrenhamente a burguesia e os elitistas – de preferência, usando seu Macbook Pro.

Cite nomes de gente que recebeu algum Prêmio Nobel, como se tivesse almoçado com alguns deles. E não esqueça de agredir os nazistas que comem carne.

Bônus: corrija palavras como “corrão”, “leião” e “comofas”. Não importa se essas formas de uso pretendem ser humorísticas, estão erradas!

4 – Faça #mimimi

Xingue seus leitores por não comentarem nos seus fantásticos textos. Diga que outros blogueiros são parte de uma panela, pois se recusam a retwittar ou linkar você.

Reclame publicamente por ter levado unfollow. Afirme, com toda certeza, que quem ganha dinheiro com blogs vende sua opinião e pode ser comprado com presentinhos. Ou que é um fracassado, tanto faz.

5 – Torne Seu Blog Extremamente Irritante

Coloque pop-ups no seu blog; especialmente aquele que pergunta “TEM CERTEZA?” quando alguém ousa querer sair do seu blog.

Imprescindível colocar música tocando automaticamente, e um anúncio desses que ficam “boiando” em cima da tela, mesmo quando se rola a página.

Bônus: exigir registro para comentar, oferecer feed resumido, e pedir para que cliquem nos seus anúncios.

6 – Use Spam Como Forma de Divulgação

Pegue toda a sua lista de contatos e inscreva-os para receber sua newsletter.

Se você não tem uma newsletter, mande email para todos os seus contatos cada vez que publicar um novo post – com cópia aberta.

Envie mensagens através do formulário de contato de blogs aleatórios, pedindo divulgação e links. Quanto menos relacionados esses blogs estiverem com o seu nicho, melhor.

7 – Faça Curso Para Papagaio

Só escreva sobre coisas que saíram nos grandes portais. Em todos eles, de preferência. É certo que seus leitores não viram as notícias nesses portais, e precisam que você conte o que está sendo publicado.

Traduza textos de blogs estrangeiros e publique como novidade; especialmente se você escreve sobre tecnologia, humor ou entretenimento.

8 – Comporte-se Como Um Troll

Dê o contra em tudo. Critique tudo, especialmente opiniões e gostos de outras pessoas – da forma mais virulenta e imbecil possível.

Escolha alguém com boa visibilidade para ser o seu alvo de estimação. Siga todos os passos dessa pessoa na Internet, para poder dizer à cada minuto porque você odeia tudo o que ela faz.

Pontos extra: fazer comentários anônimos agredindo terceiros, criar contas “anônimas” no Twitter para publicar xingamentos, manter um perfil fake do seu alvo predileto para fazer de conta que ele diz as imbecilidades que você acha que deveria.

9 – Roube.

Textos. Idéias. Imagens. Créditos. Hoje em dia, está na moda até mesmo roubar templates e themes. Aproveite!

Quando lhe acusarem de ladrão e plagiador, explique que você na verdade está ajudando a pessoa de quem roubou, que é uma homenagem, que você tem problemas, que não tem tempo para produzir conteúdo próprio…

Outras opções de argumento: “Se não quer ser copiado, não publique suas coisas na Internet” e “O blog é meu, eu faço o que quiser com ele!”

10 – Tenha Mania de Perseguição

Se um comentário seu não for imediatamente publicado, é claro que não é porque os comentários são moderados; o dono do blog está censurando a sua liberdade de expressão. Deixe um segundo comentário escrito em caixa-alta, dizendo o quanto ele é um fascista.

E é claro que todos as indiretas enviadas no Twitter são dirigidas à você. Comece discussões cada vez que ver uma.

Além disso, obviamente é impossível que alguém discorde do seu ponto de vista, se não pensa que você é um idiota. Sempre que ler um texto ou frase que vai contra o que você pensa, sinta-se pessoalmente ofendido.

11 – Escreva Listas Idiotas

Como esta. 😉

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Fail do WordPress

Next

Um Desafio Divertido – 7 Links

25 Comments

  1. Muito boa esta lista Idiota.
    Grande dicas para o sucesso no #Fail

    Abraço.

  2. Muiiiito bom, vi vários blogueiros no texto, pena que o número 8 não permita citar nomes, hehe…

  3. 8 e 9, parece aquela figurinha repetida.

  4. amanda

    Apesar de vc exigir registro para comentar e escrever esta lista. Uffa, parece que não há grandes tendências de fracasso.
    Mas não entendi o extra do ponto oito: se fazer comentário anônimo agredindo terceiros é sinal de fracasso, como se dará se o comentário é anõnimo?!
    A não ser que o agredido tenha alguém em mente, pela também mania perseguição.
    Sucesso pra vc!

    • Amanda, eu não exijo registro. Eu não permito comentários anônimos, o que é bem diferente.

      Você pode até colocar dados falsos e vai poder comentar do mesmo jeito.

      Se precisasse cadastro, você teria que esperar receber um email de confirmação, para poder fazer login e comentar. 😉

  5. Ana Viola

    Genial!!!

  6. Nossa, conheço algumas pessoas assim… Acho que todos conhecemos, ne? =P

  7. Vou tentar até conseguir, mas acho que tenho dado certo…kkkk…mas não importa tenho um leitor fiel. eu. mas as vezes não me agënto e brigo sozinho… também tenho outro probema sério… nao sei escrever e nem sempre tenho o WORD para corrigir, mas o que poderia esperar usar um cara de outra lingä para corrigir a minha.

  8. Para mim isto serve para o que não devo fazer!!hehe
    Assim como o j. noronha disse poderia dar nome a todos,mais ai você seria vitima deles!!rsrs
    Sou teimoso e sempre completava com exito a 1º opção rsrs mas agora não faço mais…

    Abraços!

  9. Vivian

    “Otémo”!!

    Posso citar nomes? rss

    Bjos e sucesso

  10. Mestra, cada dia se superando heim? Maravilha de texto, adorei! Fiquei até acanhado em emitir um comentário diante do brilhantismo das suas palavras. Assunto deverasmente pertinente e excelente para abrir os olhos de muitos que pensam que para ter um blog só basta criá-lo, a manutenção é um mero e irrelevante detalhe.

  11. O ponto do papagaio de traduzir blogs é osso!

  12. Ah, não é uma lista idiota. É uma lista muito útil e engraçada! haha
    E verdadeira! Sucesso.

  13. Eu acho que faz isso nem deveria ser chamado de Blogueiro, pois blogueiro tem suas idéias próprias

  14. Olá,Nospheratt;
    vi o link de sua postagem, no twitter, via Lucia Freitas e vou encaminhá-la para uma lista de discussão de professores blogueiros, ok?
    Abs

  15. Gostei! Vou linkar essa postagem ao meu blogue. Abraços

  16. Tassiana

    kkkkkkkkkkk
    gostei da lista!!

    o pior, me encaixo em mais da metade das dicas!! axo que sou uma blogueira fracasaasaaa!!!
    kkkkkkkkkkkkkkkk

  17. Tassiana

    porque esta moderado?? seu facista!!!
    kkkkkkkkkkk

  18. Nunca tinha lido algo tão genial em sites com dicas para blogs.
    Preciso dizer que já virei seu fã?
    Até qualquer hora. (isso foi um típico comentário sem assunto emitido por alguém sem neurônios. Na verdade estou lavando roupas e meus tênis já estão na máquina de lavar há umas duas horas, de tanto que fiquei em seu blog. Por isso tive que comentar rapidamente – minha mãe já já vai aparecer pra bater o notebook na (em) minha cabeça!)

  19. fascista! (o que é fascismo mesmo? Não lembro mais, só sei que é uma coisa que surgiu na Itália) fascista! (pontos e letras usadas incorretamente resultam nesse comentário).
    kkkk agóoRRa tô falanduuu eim miGuXxêix…. bJuxxx
    Tá, vou lá lavar meu tênis antes que a coisa piore.

  20. Nunca vou ficar rico e famoso com meu blog, mas sei que pelo menos não estou no caminho de ser um fracassado – a não ser pela coisa das listas… maneira aí, vai, Nosphie… 😉

    Mais um excelente post, garota!

    Grande abraço!!!!

  21. Maravilhoso! Ri muito!Parabéns pelo modo divertido de escrever.

  22. Muito bom o texto moça.
    Serve como inspiração do que não fazer.
    Fica com Deus.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik