Blogando com Alma... Ainda.

Blog Brand – Elementos da Marca – Gostos/Aparência

Blog Brand - Elementos da Marca - Gostos/AparênciaSigamos com a série sobre Blog Brand – a marca do seu blog. O próximo elemento necessário para definir sua marca são os Gostos/Aparência.

Qual é a aparência da marca?
Como ela soa, quais são seus sons?
Do quê ela gosta, e o quê a desagrada?

Aqui entramos na iconografia da marca.

Os ícones e símbolos que compõe uma marca podem incluir várias coisas: ícones, imagens e símbolos gráficos, o “visual”; e também sons, cores, cheiros, sabores… enfim, toda uma miríade de percepções sensoriais.

Percepções do Seu Blog – Enchendo os Olhos

Blog Brand - Elementos da Marca - Gostos/AparênciaClaro que nos blogs, as percepções são primariamente visuais.

Ter uma imagem ou ícone que o acompanhe, mesmo quando você troca de theme ou template, é uma boa. Uma imagem memorável ajuda a fixar seu blog na memória do visitante. Quem não lembra do cachorro do Contraditorium?

O cachorro funcionou bem, apesar de ser horrendamente feio (ou talvez por causa disso). Era um ícone bizarro, único, diferente de todos os outros.

Blog Brand - Elementos da Marca - Gostos/AparênciaUsar sempre um mesmo esquema de cores também funciona, embora de forma mais sutil. O Rodrigo Ghedin, do Blog Ajuda, percebeu isso claramente.

O ícone pode ir além de uma simples imagem. A Lucia Freitas adotou como símbolo uma Joaninha, e ela está presente no nome do blog, no header, no card do blog, e até virou codinome.

Percepções Subconscientes

Nem todas as percepções nascem do óbvio. Símbolos são percebidos e interpretados em muitos níveis diferentes; muitos dos juízos que fazemos são baseados em interpretações subconscientes de elementos simbólicos.

Blog Brand - Elementos da Marca - Gostos/AparênciaElementos idênticos, combinados a apresentados de forma diferente, darão origem a percepções completamente diferentes.

Daí nasce o que em inglês se chama “feel“: o que você sente quando está diante de determinada coisa. Claro que essa percepção varia de pessoa a pessoa, mas existem símbolos universais.

Por exemplo: cores vibrantes transmitem idéia de energia, tons pastéis geram sensação de tranquilidade e doçura, cores berrantes causam impressão de coisa brega.

Música Para os Seus Ouvidos

Blog Brand - Elementos da Marca - Gostos/AparênciaMúsica tocando automaticamente quando uma página carrega é um saco, uma excelente forma de afugentar visitantes. No entanto, deixar música à disposição do leitor, para que ele ouça CASO ELE QUEIRA, pode ser uma idéia interessante.

Essa opção (veja bem, OPÇÃO) pode fazer com que a experiência do visitante no seu blog seja mais prazeirosa e completa – caso você tenha bom gosto, óbevio.

Outra alternativa é sugerir músicas para ouvir, enquanto ele lê seu texto. Escolha bem, seja congruente em suas escolhas, e a marca do seu blog terá uma trilha sonora característica.

Amor e Ódio

Blog Brand - Elementos da Marca - Gostos/AparênciaSeus gostos e desgostos também podem ajudar a formar sua marca. O Bender ama cerveja, o Cardoso odeia a Hello Kitty, o Morróida tem nojo de pobre.

E você? Qual é a sua maior paixão, o seu ódio mais profundo?

Pelamor, não vá escrever um post estilo “sidebar de miguxa” dizendo: “Adoro: blá blá blá – Odeio: blá blá blá – Não suporto: mais blás…”. Tem que ser algo que faça parte da sua vida diária, e que apareça no blog de forma natural.

Simbologia Blogueira

A idéia é (mais ou menos, perdoem a licença) criar uma simbologia para o seu blog. Qualquer elemento que você ache apropriado, pode entrar na sua coleção de símbolos. Você pode mixar símbolos pessoais, que têm um significado único para você, com símbolos universais, de significado pré-estabelecido.

No próximo post, veremos as Histórias da sua marca (as quais, utilizando a mesma licença, conformam a mitologia do blog). Stay tunned!

Credits: Imagem da Hello Kitty retirada do site Goodbye Kitty.

Technorati : ,

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Venda o Que as Pessoas Querem Comprar

Next

10 Estratégias Para Um Networking Poderoso – Parte I

8 Comments

  1. Bla!!! Estava esperando o texto sobre networking :p

    Estive pensando outro dia que meu logo não reflete nada do infoblog (afinal, ele originalmente era do meu blog pessoal).

    Como eu gosto de falar do meu lado “loser” em relação a informática, talvez colocar um computador caindo em cima do Jonny pixelart tenha mais a ver (rs rs rs).

    Mas você já reparou que poucos blogs tem uma logomarca?

    Jonny

  2. Nospheratt…
    só você sabe o quanto custa construir um nome diferente do próprio na blogosfera. E ser citada como exemplo ao lado de mestre Cardosão, ai que orgulho! 😀
    Joaninha não é só bacaninha. Como sabem os twiteiros de plantão, também roga praga e xinga.
    E, Jonny boy, Logomarca é só pros magos do Photoshop, como tu. Eu acho, sinceramente, que “plastifica”, deixa homogêneo. E a graça dos blogs é a diferença. (digo isso sob pena de voltar atrás porque lembrei de uma meia dúzia de três ou quatro que têm belas logos)

  3. Gostei das dicas. Em resumo, o blog precisa ter uma identidade própria e única. Não adianta ser mais um na multidão.

  4. Nospheratt

    Jonny: O texto sobre Networking acaba de sair. 😉

    Verdade. Talvez isso ainda seja herança dos blogs-diarinhos sem pretensões. A maioria do pessoal quer reconhecimento, fama e/ou din-din, mas não acaba de compreender que para isso é imprescindível seguir as regras do jogo.

    Quer você queira ganhar dinheiro com o blog, quer não, precisa de identidade própria.

    Lucia: Joaninha é mágica e doce, e é guerreira e fodona ao mesmo tempo. Eu acho genial a sua escolha, é uma coisa bem pessoal mas super memorável. Um exemplo digno de menção, mesmo. 🙂

    Seguindo com o raciocínio da minha resposta ao Jonny, o logo pode fazer parte dessa identidade, mas também pode ser substituído por outra coisa. Você tem as joaninhas, eu tenho as pernas. Não carecemos de logos. 😉

    Thássius: Claro que não adianta, a blogosfera é um imenso oceano. Se não somos memoráveis, não vamos à lugar nenhum. E a única forma de ser memorável é sendo único e interessante.

  5. Olá, eu sempre fui um blogueiro pela pura diversão de postar os meus textos trash, e nunca divulguei meus blogs, geralmente largo o link aonde as pessoas possam localizá-lo (se quiserem.
    Mas depois que encontrei seu blog e ler suas dicas, despertou em mim uam vontade de fazer algo legal que traga algo de útil ou divertido para as pessoas.
    ainda não coloquei minhas novas ideias em prática, mas queria te agradecer por me ajudar. xD
    Mas quanto tons pastéis?
    dependendo da combinação fica esquisito…sou adepto de cores vibrantes em fundos neutros gelranete escuros
    abraços

  6. Nospheratt

    Lennon: Assim é que se começa com uma boa base: com a vontade de fazer algo bacana. Você está no caminho certo! 🙂

    De nada, eu estou aqui para isso mesmo.

    Eu não quis dizer que tons pastéis são os melhores, só enumerei alguns conceitos que são comuns.

    No entanto, saiba que fundos escuros cansam os olhos – é aconselhável usar fundo claro para os textos, e em todo caso deixar os fundos escuros para outras partes do blog. 🙂

  7. Suas dicas são muito úteis, espero que dê pra eu dar um up no meu blog. Comecei só pra ajudar a galera que trabalha na minha área, Criação Gráfica, comecei liberando algumas informações que sei e tenho, além de esta repassando outras de um ponto da net para outro. Na verdade não sabia que copiar um texto de um blog era crime, para mim um texto que não poderia ser copiado seria de um livro, revista, jornal e outros impressos devidamente registrados pelo autor, mas sendo assim, sou um criminoso, já copiei alguns. Meu Deus…serei preso.!!!
    Agora eu pergunto uma coisa. E a pirataria que está rolando solta na net, em diversos blogs, isso não é crime?…Porque não se faz nada pra parar isso, será que o cara copiar um texto é pior?…não sei não…A maioria dos blogs que estão no topo são de programas revistas, mp3 e filmes para baixar, isso claro sem falar a putaria, assim fica fácil, se ganha por cliques e pela pirataria. Eu estou chegando à conclusão de que Blogar honestamente e dentro das leis é o mesmo que eleger-se a um cargo púbico e trabalhar de verdade, tem alguns que conseguem, mas são sempre os que estão na lanterna.
    Só sei que é uma grande palhaçada isso tudo, plágio, cópia, pirataria, bobagem se compararmos o prejuízo calcado pelos políticos nos últimos 50 anos, não chega a vigésima parte do prejuízo causado por uma cópia, aqui e acula.
    Tá certo que não se deve fazer isso, pois afinal é crime, mas atire a primeira pedra o COMPUTADOR que não tiver um Mp3 sequer baixado, ou um programinha não comprado. Só por um milagre, é o mesmo que achar um político honesto no mundo, raridades como esta não se vê sempre.
    Abraço e parabéns pelo Site está show de bolo.

  8. Nospheratt

    Léo: Claro que a pirataria e a corrupção são problemas. O caso é que não existe muita gente interessada em combater isso – eu mesma não tenho ânimo para isso.

    No entanto, se roubam um texto meu, eu tenho todo o ânimo de lutar contra isso, pois me afeta diretamente. Egoísta? Certamente, mas o mundo é assim mesmo e eu não vou fazer de conta que não é.

    Sem contar que eu faço a minha parte, ensinando e espalhando a verdade sobre a cópia de textos e assuntos relacionados com isso. Tem gente que luta contra a corrupção, tem gente que defende os animais – e assim, cada um vai fazendo a sua parte.

    sem contar que o fato de que existam crimes piores e que causam maiores perjuízos, não significa que os crimes menores não têm importância, você não acha? 🙂

    E justamente porque essas merdas estão tão generalizadas, que eu procuro ensinar para quem eu possa, que esse tipo de coisa está errada. É um trabalho de formiga, mas é tudo que eu posso fazer, já que não posso arrumar o mundo inteiro de uma só vez. 😉

    Obrigada, volte sempre e sinta-se à vontade para comentar e opinar quando quiser! 🙂

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik