Blogando com Alma... Ainda.

5 Coisas Que Mais Me Irritam Na Blogosfera

5 Coisas Que Mais Me Irritam Na Blogosfera

O Bruno Alves iniciou um meme, do estilo mais divertido: aquele que permite reclamar, sem ser (muito) chato! 🙂

Citar as 5 Coisas Que Mais Me Irritam Na Blogosfera é um pouco difícil, pois as coisas que ele citou com certeza me irritam bastante. Mas vamos lá,vou tentar ser original e acrescentar mais cinco coisas:

1 – Polêmica Fabricada

É muito óbvio, chato e irritante quando você vê que alguém escreveu um post discordando de (ou diretamente atacando) outro, com a única intenção de chamar a atenção dessa pessoa, e ganhar visitas com a polêmica. É natural que haja desacordos num lugar tão grande e variado como a blogosfera, mas está virando lugar-comum atacar outros blogueiros só para fabricar polêmicas caça-visitas e links.

2 – Inventei a roda!

Gente, quando se é novato em alguma coisa, é natural uma certa ignorância, é normal e até inevitável cometer erros. Mas é saudável, quando você está iniciando uma atividade nova, procurar informação à respeito, ler um pouco, tentar aprender alguma coisa dos que tem mais experiência.

No entanto, é comum que quem entra no mundo dos blogs fique tentando inventar a roda e descobrir o fogo – é óbvio que MUITA gente está chegando sem procurar ler nem sequer o básico dos básicos sobre blogs e blogosfera. Isso pra não falar nos regulamentos do Adsense. “Vamos trocar links” e “vamos trocar cliques do Adsense” são dois pedidos que vejo todos os dias, e que são erros CAVALARES – nenhuma das duas coisas funciona, e qualquer blogueiro decente vai lhe dizer isso. Ofertas de participação em esquemas piramidais são outro exemplo.

3 – Chavões e clichês apresentados como revelações divinas

“A isenção dos blogs”. “A credibilidade dos blogs”. “A prostituição dos blogs”. Agora está de moda a “responsabilidade dos blogs” e a “regulamentação da profissão de problogger”. A idéia comum é que os blogs são alguma coisa especial, sagrada e sacramentada, que deve se reger por uns códigos idealistas e puros.

Blogs são blogs, caralho. São páginas da Internet. Cada blog é o que seu autor faz dele: informação, diversão, sacanagem, expressão pessoal, falta de respeito, imbecilidade. Não há uma regra que possa ser aplicada à todos eles, nem um código que possa ser seguido por todos eles. Cabe à cada um decidir o quê vai ler, em quem acreditar. Se você depende de que todos os meios de comunicação sejam responsáveis, honestos e sérios para não cair no conto do vigário, lascou-se, meu filho. E regulamentação… ai, pelamordedeus.

4 – Não critique se você não tem a solução

Conceito muito difundido, que eu considero dos mais hipócritas e idiotas. Se você vê um erro, não pode apontá-lo nem falar sobre ele, a menos que tenha uma solução pronta. Caso contrário, será apedrejado como infiel e destruidor de lares. Ninguém nunca ouviu falar em “reconhecer que você tem um problema é o primeiro passo para resolvê-lo”? Desde quando ter uma solução é requisito prévio para perceber um erro? Se algo está errado, está errado, independente de que eu tenha a solução ou não. Não falar sobre isso nada mais é do que enfiar a cabeça na areia.

5 – Os probloggers são a causa de todos os males da humanidade, e os caça-paraquedistas são acólitos de Satanás

Parece que ninguém tem mais nada pra fazer. Criticar probloggers e escritores de hypes caça-paraquedistas (como se fossem a mesma coisa, aliás) virou moda. É a nova religião.

Como bem disse o Ivo Neuman nos comentários do Bruno: “A blogosfera está precisando desesperadamente de vida sexual.” Assino embaixo! 🙂

E você? Que coisas mais te irritam na blogosfera?

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Descubra o Potencial Oculto do Seu Blog – Parte II

Next

Os 10 Mandamentos Blogueiros

14 Comments

  1. Daniel Hypeman

    Primeirão!!!!!!!!!!Desculpa, o comentário acima foi só pra irritar, aliás tem coisa mais irritante que alguém se achar o máximo por ser o primeiro a comentar um post?Abs

  2. Vitor

    O que mais irrita? Memes…Brincadeirinha. Esse até que foi bem bolado, mas de vez em quando rolam uns que dão azia.

  3. Leo Baiano

    hum, o Bruno conseguiu mesmo indiretamente fazer aquilo lá virar um Meme! Já li uns 3 textos continuando o assunto e confesso todos muito bons mas creio que não vai passar de 3 sem que a repetição comece e termine se tornando algo irritante. Você que escreveu deve ter visto o quanto é dificil não repetir pois normalmente as coisas que irritam um irrita a grande maioria.Não sei porque me enquadro em pelo menos uma das coisas citadas nos textos que li sobre isso. Aqui me enquadro no primeiro, polêmica fabricada. :-)P.S – não vou escrever sobre isso mas uma das coisas que mais me irrita é não conseguir escrever tão bem quanto o Bruno… 🙂

  4. Coisa irritante esses comentários longos, hehe…Tréquibéqui manual:5 coisas que me irritam

  5. Liliana

    Querida Nospheratt, obrigada pela audiência! Admiro muito você! Foi uma honra descobrir que você lê meu blog, que legal. Beijos. Li.

  6. Nospheratt

    Daniel: Questão de opinião. Eu acho, mais que irritante, ridículo! 😛 Imagino que seja porque não tem muita gente desse naipe por aqui não! Mas se começasse a aparecer isso todo dia, é, ia ser muito irritante mesmo! Acabo de ter uma idéia: seria legal se existisse um script que colocasse de forma automática um comentário do autor do blog, dizendo: “PRIMEIRÃÃÃOOO!!!! Se ralou, mané!”Jajajajajaja. Não sei se seria uma solução, mas imagina a cara do cidadão quando achasse isso em TODOS os posts…Abraço, muito legal te ver por aqui! 🙂Vitor: ¬¬ É verdade. Às vezes são muito chatos, e à s vezes são demasiados memes ao mesmo tempo. Mas meme pra reclamar, quem não quer? 😛Leo: Meme que é meme se espalha sem convite, mesmo – se tem convite é tag. 😉 Desde que você deixou o comentário, li alguns mais, e você tem razão: a maioria das irritações são compartilhadas por muitos, mas acho que cada um que escreveu acrescentou ao menos uma coisa nova. Porque você não tenta, encara como desafio? Acho que se botasse a cachola pra funcionar você achava cinco coisas completamente novas. Essa de não escrever como o Bruno é um bom exemplo!Confesso que sim, à s vezes você faz umas coisas irritantes, como dizer que eu não tenho razão! 😛 Falando sério, vou te contar um segredo: a polêmica fabricada a que eu me referia é a que fica óbvia. Se você for um mestre nessa “arte”, ninguém vai saber que é fabricado, saca? Isso se você não abusar e criar uma semana, claro. 😉j. noronha: Trequibequi aceito. E lido. E gostado. Não sei se deixei comentário por lá, vou ver!Liliana: Legal é que eu pensei extamente a mesma coisa quando vi seu comentário aqui! Eu adoro seu blog, fiquei muito feliz de saber que você me lê!!! Abração! 😀

  7. Eu � Unicode.

    O que mais me irrita em blogs são coisas que atrapalham a leitura dos textos, sejam erros de português, palavras estranhas, publicidade no meio do texto e, é claro, o já meio batido, mas que vira e mexe aparece: o problemas de charset.

  8. Eu � Unicode.

    O que mais me irrita em blogs são coisas que atrapalham a leitura dos textos, sejam erros de português, palavras estranhas, publicidade no meio do texto e, é claro, o já meio batido, mas que vira e mexe aparece: os problemas de charset.

  9. Aff, não deu tempo de parar e o erro de concordância foi. 🙂

  10. o que mais me irrita na blogosfera, são os blogueiros que acham que implantando recursos inúteis no seu blog, como, música irritante de fundo, GIFs piscantes e exagerados, PopUps pedindo pra assinar RSS feed, pra votar em enquete, comentar tal post, esses blogueiros simplesmente acham que vão deixar o blog perfeito, só que fica muito irritante, e sem falar do carregamento da página, demora muito pra abrir. Eles se lembrem, que muita gente ainda possui internet discada. É isso,
    Mateus.

  11. Raposão

    Dicas bem sacadas para os novatos mesmo, ler opiniões, principalmente sobre a blogosfera, seja desde as 5 coisas que mais te irritam por aqui ou sobre como blogar de maneira eficiente.

    Já que foi postado sobre as 5 coisas que mais te irritam, já pensou em fazer um sobre as 5 coisas mais legais da blogosfera?

    Abração.

  12. Eu já era fã deste blog há bastante tempo, agora que iniciei meu blog vou ficar assídua.Estou precisando muuuuuito de informação e aqui já encontrei bastante. Muito obrigada.
    Não vou desejar sucesso porque vc. já o tem, mas pelas dúvidas… que continue o seu sucesso!
    Ah, não estou comentando para aparecer, até porque meu blog só está no segundo post. rsrsrsr

  13. Danii Gomes

    Muito bacana o site e esta me esclarecendo muitas dúvidas pois venho buscando ler mais um pouco antes de anunciar meu blog mas com certeza sobre isso creio que já posso opinar. Eu odeio entrar em um blog e começar a tocar música, simplesmente fecho e não volto mais!

  14. Acho que o item 3 tá completamente mal explicado – afinal, você mesma deixa regras super claras de uso aqui porque rola plágio, pode rolar calúnia, difamação, injúria, e uma série de outros crimes que ocorrem em blogs. Recentemente processaram um blogueiro pelo conteúdo que ele deixou de mediar na caixa de comentários (sim, ele foi responsabilizado, não me pergunte detalhes). Então eu acho que pra um blogueiro iniciante é preciso explicar melhor essas coisas. Existe todo um debate sobre copyleft que também está rolando por aí e que está muito longe de ser um modismo passageiro, é preciso que todo blogueiro se informe e acompanhe os debates. No mais o post tá ótimo, sempre recomendo esse post pra galera iniciante. Abraços

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik