Blogando com Alma... Ainda.

Seu Blog Precisa de um Novo Rumo?

Estamos chegando ao final da série sobre Blogs e Estagnação.

Talvez você tenha descoberto, analisando seus sucessos anteriores, que seus posts mais bem sucedidos não estão exatamente dentro do tópico principal ou estilo do seu blog.

Talvez você esteja entediado com seu blog.

Talvez você não saiba mais o quê escrever, seja porquê já escreveu muito ou porquê perdeu interesse pelo seu tópico.

Talvez você tenha descoberto que o tópico do seu blog não é suficiente para atrair um volume interessante de tráfego, ou para criar uma comunidade crescente de leitores.

O remédio para esses problemas – e alguns outros – pode ser uma mudança de foco ou de tópico.

Rosa dos Ventos - Mudança de Rumo

Mudanças de rumo

Eu não recomendo uma mudança radical – passar de carros para jardinagem, por exemplo, pode significar jogar no lixo todo o trabalho e o esforo que você investiu até agora nesse blog.

No entanto, não há motivos para que você fique restrito a um tópico só. Sempre existem tópicos relacionados e complementares que podem ser explorados, sem que isso signifique abandonar completamente a proposta inicial do blog.

Rosa dos Ventos - Mudança de RumoEu mesma fiz isso, com sucesso. De estar focada em monetização, passei a escrever mais sobre a qualidade dos blogs, e tudo que esteja relacionado com isso.

Os dois tópicos se complementam perfeitamente, e deixam espaço para uma miríade de sub-tópicos complementares.

Claro que se você descobrir um nicho promissor, que não tenha absolutamente nada a ver com seu blog, a melhor solução será criar outro blog; mas essa hipótese escapa à proposta desta série.

A grande vantagem de explorar tópicos complementares, além de abrir novos horizontes para o seu blog, é que essa estratégia acaba acrescentando valor ao blog.

Quanto mais contéudo de qualidade você tiver, mais o blog crescerá; e se esse conteúdo cobrir diferentes áreas, relacionadas entre si, melhor será o serviço que você estará prestando ao leitor/visitante.

Explore Novas Áreas

Você pode determinar novas áreas a explorar, usando dois métodos:

  1. Fazendo a análise que recomendei no post anterior;
  2. Pensando em que tipo de informação poderia complementar seu conteúdo já existente. Pergunte-se: que outras coisas podem interessar a quem está procurando (insira aqui o tópico do seu blog)?

Não tenha medo de explorar novas áreas.

Relógio Solar - Mudança de RumoEscreva alguns posts cobrindo seus tópicos relacionados, e veja como eles são recebidos pelos seus leitores.

Se a resposta não for exatamente o que você esperava, teste outros tópicos, ou refine ainda mais suas escolhas.

Tenha paciência, e seja persistente. Roma não se fez num dia, e apesar do que dizem por aí, o mundo tampouco se fez em sete. 😉

No último post da série, vamos ver como construir autoridade no seu nicho.

Leia outras estratégias para estimular o crescimento do blog:

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Suas Visitas do Google Sumiram? Seu WordPress Pode Ter Sido Hackeado

Next

Dois Anos Atrás…

5 Comments

  1. Você está me espionando Nospheratt. Só pode =P

    Acredite se quiser, estou passando por uma fase de análise do blog, mudança de direcionamento dos textos, layout, migração blogger-wordpress…

    Vou tirar esse feriadão de folga para repensar algumas questões referentes ao blog. Espero que semana que vem já tenha algumas boas idéias para por em prática (sempre chupando as dicas daqui do Blosque =P)

  2. Ana

    Posso sugerir um tema pra voce? Como eh que blogs pessoais conseguem ser “bem sucedidos”? E digo monetariamente. Blogs pessoais que nao tratem de temas especificos, por exemplo, mas que tambem nao sejam diarinho virtuais. Eu tiro o http://www.dooce.com como exemplo. Da uma olhada la. A Heather eh uma das blogueiras mais bem sucedidas. E o marido dela largou o emprego pra cuidar do blog pra ela, e eles se sustentam com isso.

    Entao? Fala um pouquinho disso… como blogs pessoais (brasileiros) podem trilhar o mesmo caminho. Se eh que isso eh possivel no mercado brasileiro.

  3. Acho que é exatamente o que está acontecendo com muitos, mas com criatividade todos encontraram uma saída.

    A proposito, veja se estou indo bem como blogueira, divulguei uma materia que foi notícia no jornai sobre blogs.

    Fabiana

  4. Fábio: Eu sou pitonisa, cê não sabia? 😛 (Dá uma busca aqui por pitonisa e cê vai ver.)

    Pegue todas as idéias que lhe forem úteis, é pra isso que eu as publiquei! Te desejo toda boa sorte do mundo nessa nova etapa, e muito sucesso! 🙂

    Ana: 1º que nada, agradeço a sugestão. Assim que puder vou ver o blog, e descobrir se posso escrever sobre isso.

    Não sei se existem casos parecidos no Brasil. O que posso te dizer, é que para ser bem sucedida desse jeito, você vai precisar ser uma escritora boa para caralho. Muito boa mesmo. E trabalhar tanto quanto qualquer outro blogueiro que quer ser bem sucedido, em networking, divulgação, etc.

    Fabiana: Vi que você publica muitas coisas criadas por outros. Esse não é um bom caminho para um blog.

    É bem melhor publicar escritos por você mesma, e eu vi que você tem toda a capacidade para fazer isso. Além do quê, republicando textos de outros, você pode incorrer em plágio e violação de direitos autorais, mesmo sem saber. E isso é crime.

    Meu conselho: escreva mais, copie menos. Você chegará mais longe, e de uma forma mais correta.

  5. É exatamente isso que pretendo fazer com meu blog, não que não haja mais assunto, mas desde já vou ampliar os horizontes. A dica é muito útil e realmente Roma não foi o que foi em pouco dias, mas a Terra, sinto dizer, mas discordo de você. = )

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik