Blogando com Alma... Ainda.

Jogo dos 7 Erros – Mea Culpa 2007

Jogo dos 7 Erros - Mea Culpa 2007

Claro que eu não podia ficar de fora dessa. Aos poucos estou cumprindo todos os desafios (com atraso, shame on me), e hoje vou compartilhar com vocês a lista dos piores erros que cometi em 2007 – e que prometi a mim mesma não repetir em 2008.

Em ordem aleatória:

Erro 1 – Deixar que abusassem de mim

Não, não do jeito que você está pensando. Deixei que abusassem do meu tempo e da minha boa vontade. Conforme o blog foi ficando mais conhecido, comecei a receber mais e mais contatos com “pedidos de ajuda personalizada”. Não só com questões relacionadas ao que publiquei aqui, mas com problemas individuais que não têm nada à ver comigo ou com meu blog.

Gastei horas e horas (que deveriam ter sido investidas nos meus próprios blogs) resolvendo problemas de outras pessoas. Não me entenda mal; eu tenho boa disposição para ajudar outros blogueiros, mas quando a única coisa que falta é que a pessoa diga “aproveita e escreve o blog pra mim, também”, estamos falando de abuso.

Solução: Fechei as portas do serviço técnico. Escrevi um FAQ e coloquei regras para entrar em contato comigo.

Erro 2 – Falta de organização

Como todo mundo, eu tento e tento, mas tenho dificuldades em me organizar. Principalmente no quesito TEMPO. E trabalhar de forma caótica (fazendo muitas coisas ao mesmo tempo, ou quando dá, em ordem aleatória) produz, é claro, um resultado caótico e aleatório.

Eu tenho muitos blogs (em 3 idiomas diferentes). Em 2007, não consegui atender todos eles da forma devida. Tudo por causa da falta de organização. Tenho ainda mais projetos para 2008, e se eu não tomar providências, as coisas voltarão a naufragar.

Solução: Seguir meus próprios conselhos:

Seja Mais Produtivo – Racionalize Suas Tarefas

Soluções Para Ladrões de Tempo

Cansado? PARE! Acabe Com o Stress Bloguístico, Seja Feliz e Mais Produtivo

Erro 3 – Escrever pouco

Em Novembro de 2007, publiquei 3 míseros posts (A Dama e o Vagabundo, Casa Nova – Sejam Bem Vindos! e Outro Golpe Contra a Safardanagem do Adsense – Anúncios Menos Clicáveis). Eu realmente estava estressada e precisando de férias (a coisa estava tão feia que pensei em abandonar este blog), mas sem dúvida eu deveria ter administrado essa crise de outra forma. Aliás, essa crise existencial foi causada pelo erro anterior – a falta de organização fez com que eu me visse assoberbada de coisas por fazer.

A visitação não despencou (muito) pois o conteúdo que eu escrevo não tem prazo de validade. No entanto, um período de pouca produção se transforma num “estanque”, ao invés de produzir o crescimento esperado.

Solução: Além da organização, aumentar minha cota de “posts para os dias de chuva”. A gente nunca sabe quando vai precisar deles…

Erro 4 – Comentar pouco

Mais um efeito colateral da falta de organização. Deixei de fazer MUITOS comentários que gostaria/deveria ter feito, e todo mundo sabe como comentários são importantes – tanto para quem comenta como para o blog comentado.

Solução: Ainda estou procurando, mas creio que estabelecer um número mínimo de comentários a serem feitos diariamente pode ser uma boa. Se eu cumprir a determinação, claro está.

Erro 5 – Deixar coisas pela metade

Séries de posts. Projetos. Memes. Promessas. É tanta coisa inacabada e não cumprida, que me dá vergonha só de lembrar. A que se deve essa enxurrada de faltas? À falta de organização (que na verdade é a causa fundamental de todos os outros erros), ao perfeccionismo (esperar o momento perfeito, as palavras perfeitas, a oportunidade perfeita) e à procrastinação (assim que puder eu faço isso, assim que sobrar tempo, assim que estiver inspirada, depois).

Solução: Organização, disciplina e comprometimento para usar as soluções propostas nos erros anteriores.

6 – Migração sem a informação necessária

Ao migrar o Blosque de Blogger para WordPress, eu meti os pés pelas mãos. Me apressei, não reuni informação suficiente, e cometi toda sorte de erros idiotas que geraram um caminhão de trabalho desnecessário. Logo depois migrei o Deusario; usei o que havia aprendido da migração do Blosque, mas não foi suficiente. Resultado: levei outra surra.

Solução: Reunir absolutamente TODA a informação necessária para alguma coisa é impossível, mas dá para se aprofundar no assunto antes de sair fazendo besteira. Serei mais paciente e cuidadosa no futuro.

7 – Restringir minha leitura aos blogs

Percebi isso faz pouco tempo: fui deixando de ler qualquer coisa (na Internet, bem entendido) que não sejam blogs. Tá certo que eu não leio só blogs em português, mas isso é extremamente limitado mesmo assim. Se meu “Mundo” se limita aos blogs, vou acabar com uma visão bitolada e “dentro da caixa”.

Solução: Procurar outras leituras, outros espaços. Simples, sempre e quando eu lembre de fazer isso. 🙂

_______________________

Claro que houveram muitos outros erros, mas creio que esses são os mais dignos de nota (para não falar de alguns erros inconfessáveis, é claro). E você, já fez seu mea culpa 2007? Rever seus erros pode ser a melhor maneira de não tropeçar com as mesmas pedras em 2008! 😉

Nospheratt, pensando na vida

Nospheratt

Quando eu cheguei (2006 - primeira era jurássica da Efigênia), isso aqui tudo ainda era mato.

Previous

Mensagem de Ano Novo – 2008 Começa, e Eu Quero Dizer…

Next

CampusBlog? Blogueiros Acampando??

21 Comments

  1. Tem gente que ainda aguarda os capítulos seguintes sobre a marca do blog. 😉

    Os já escritos foram uma tremenda mão na roda!

  2. Nospheratt

    Lu: Eu VOU terminar essa série (antes do Carnaval, jajaja). Já virou questão de honra! 😉

  3. Pensei que só eu sofria com esses problemas. Mas ano novo, vida nova!

    Vida nova?

    Vamos tentar né.

  4. Nospheratt

    Claro que você não é o único! 🙂 Vamos tentar, sim, o importante é não dar-se por vencidos jamais.

    Feliz 2008! 🙂

  5. Organização é uma palavra mágica e disciplina também, ainda estou buscando uma rotina de trabalho, um método… Concordo com você sobre ler menos blogs, se você a quantidade de blogs que assino arrepia os cabelos 🙂 Abraços

  6. Eu insisto e “re-insisto” no erro 4. Vejo textos excelentes, tenho uma opinião para dar, mas acabo deixando pra lá para pode ler outros textos.

  7. Veio um trackback daqui e eu não consegui encontrar. Tô cego!! 😉

  8. Essa avaliação é muito importante. Aprender com os erros do passado, é meio caminho andado para o acerto.
    Vou fazer essa avaliação tb.
    Talvez os meus sejam até mais que 7, rss.

  9. Ahe =D fui um dos felizardos esse ano que contribuíram com seu primeiro erro (só mais uma dúvida. você acha que eu deveria te deixar em paz, ou não??? XD).

    Abraços

  10. Os dois erros citados por você mais comuns para min são o da desorganização e a leitura somente de blogs, realmente limita muito a visão do que está acontecendo principalmente quando a efigênia está
    de TPM, outra coisa ler só internet não basta, a leitura de livros é importantíssima, espero que você possa voltar com toda força, porque seus postes são o supra dos blogs especializados.

  11. Nospheratt,
    Acredito em organizar o nosso tempo,
    mais acho que as vezes temos que aceitar a forma como as coisa se impõem na vida.
    Veja bem se você ficar sempre correndo atrás de melhorar seu tempo pode perder tempo tentando.

    Devemos saber nossos limites, e aceita-los.
    abraços rubens

  12. Saudações carríssimo!

    Sou um ‘noviço’ no que diz respeito a esse mundo grandioso e interessante dos BLOGS.

    Achei o seu enquanto ‘caminhava’ tranquilamente pela net e achei muitíssimo produtivo seus comentérios e creio que els se aplicam ao nosso dia a dia em todas as áreas da nossa vida. Eu tb estou montando uma rede de blogs e vou acompanhar de perto seu comentários e instruções.

    PARABÉNS PELO EXCELENTE TRABALHO!!!

  13. Ola,

    Nosph, é muito bom fazer uma análise ou restrospectiva dos nossos erros.

    Aprendemos errando e erramos aprendendo …

    Nunca se arrependa de ajudar o próximo, principalmente seus leitores, pois são eles a fonte dos seus rendimentos.

    Keep on posting …

  14. Gostei de ler esse post, o principal motivo é que eu cometo praticamente os mesmos erros, pelo mesmo motivo principal, falta de organização…

    Se não sou só eu, talvez eu tenha cura…

    Feliz 2008, com erros novos, que os velhos sejam corrigidos…

  15. Concordo com o Rubens Leme.

  16. Nospheratt

    Evandro: Uh, essas duas palavrinhas mágicas são importantíssimas, mas tão difíceis de encarar…

    Não sei se ler menos blogs (isso depende de quantos você lê) mas com certeza, ler mais outras coisas. 🙂

    Ale Rocha: Isso é ruim para o blogueiro, porque não recebe feedback, e ruim para nós, enquanto leitores, por não fazer networking e aparecer mais, nem participar.

    Melo: Já te passei meu humilde link em PVT.

    Paulo: Os meus são bem mais, mas se eu fosse listar todos, não faço mais nada até 2009. 😛

    Ewaldy: HAHAHAH Não precisa me “deixar em paz”, é só não abusar da minha bondade! 😉

    Pedro: Taí um bom conselho: sair da Net. Isso é VITAL, pelo menos de vez em quando. E muito obrigada! 🙂

    Rubens: Pode perder tempo, se exagerar e nunca se organizar realmente. O negócio é buscar o equilíbrio, sempre.

    caciano: Seja muito bem vindo, muito obrigada por suas palavra gentis! E boa sorte com seus novos projetos! 🙂

    Klub24: Eu não me arrependo de ajudar. Eu me arrependi de ter administrado mal minha ajuda, de ter deixado que isso me criasse problemas. E tanto não me arrependo, que continuo ajudando, com a maior boa vontade – só que de forma mais inteligente. 🙂

    Keeperei, volte sempre! 😀

    Luiz: Claro que não é só você… e tem cura sim, mas não cura definitiva: é uma coisa com a qual temos que nos manter atentos, sempre.

    Feiz 2008, mesma coisa pra você! 🙂

    João: E eu discordo, e concordo, em partes. 😉

  17. Mas uma vez, OBRIGADO!!! Seu site anda me ajudando MUITO com o meu blog, que ainda é novinho, mas tá crescendo! “Sábio é o homem que aprende com os erros dos outros.”

  18. Reili: De nada, fico feliz em ser útil! Seja bem vind@, e volte sempre!

  19. Puxa, flor! Vc tem garra! Eu com 2 blogs somente, fico quase sem dormir programando cada detalhe e vc se sai bem com tantos! Parabéns! A minha mea culpa é q nao sou expert em informatica por isso, o q faço jà é de bom tamanho. Sucessos!

  20. Elysant: Certamente está de bom tamanho! Fique tranquila, a gente vai aprendendo com o tempo – eu comecei sem saber nada.

    O que ainda não sei é se com o tempo fica mais fácil ou mais difícil, ahahaaha! 😀

  21. oi.pessoal bom jogos para todos vc.
    e um feliz natallllllllllllllllllllllll.

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén|Social Icons by Freepik