© Blosque.com. Todos os direitos Reservados.
A cópia e reprodução não-autorizada deste texto está expressamente proibida.
Plágio é CRIME!

Mulher por nascimento e vocação, irônica por diversão e hobby, brasileira inveterada, filósofa nas horas mais impróprias, blogueira de profissão, escritora e poeta pela pura necessidade de expressar seus oceanos interiores.

6 responses to “Caixa de Bis”

  1. Marcos Lemos

    Com toda certeza o maior mal são os blogueiros que aceitam “presentinhos” em troca de posts, de anúncios ou qualquer outra divulgação de marcas e produtos.
    Isso prejudica o trabalho de blogueiros sérios e profissionais, vicia o mercado e não deixa os blogs conquistarem o espaço de mídia alternativa que podem ocupar.

    É legítimo que cada blog defina a forma como quer ser “remunerado” por seu trabalho em vista de alguma parceria comercial. Mesmo as “caixas de Bis” podem ser moeda de troca, mas não podem ser o padrão para definir o preço do trabalho de alguém.

    Ótimo post! Simples, objetivo, dizendo o que precisa ser dito!

  2. Profº Bauru

    Paradoxal… no mínimo, paradoxal quando pensamos que se alguém aceita se vender por uma caixa de bis dessa forma é porque o produto anunciado, o blogueiro e o blog, juntos, valem isso. Ou estou muito errado?

  3. Super Nathan

    Conta aí pra quem foi que fizeram a proposta do Bis haha. A LACTA fez essa proposta indecente? Q absurdo!