© Blosque.com. Todos os direitos Reservados.
A cópia e reprodução não-autorizada deste texto está expressamente proibida.
Plágio é CRIME!

Mulher por nascimento e vocação, irônica por diversão e hobby, brasileira inveterada, filósofa nas horas mais impróprias, blogueira de profissão, escritora e poeta pela pura necessidade de expressar seus oceanos interiores.

17 responses to “Blogueiros Deslumbrados e o Ouro dos Tolos”

  1. Wagner Fontoura

    Clap, clap, clap, clap, clap!
    Post oportuno, inteligente, útil, necessário e vitaminado.
    Ato contínuo, será legal que aqueles que “sabem muito bem todas essas coisas” comecem a compartilhar essas informações entre nossos pares, criando referências que possam ser aprimoradas a partir do debate desse tema.

  2. Orlando G. da Silva

    Seu estilo técnico de post e a linguagem aparentemente casual são elementos poderosos, potencializam a assimilação da informação. Parabéns pelo tão difícil trabalho tão bem feito.

    Quanto ao deslumbre dos blogueiros, tenho algumas questões:

    Quem é exatamente, quais os perfis ou estatísticas do que você chama de “a grande massa da blogosfera”?

    Quem são os espertos, os que sabem o que estão fazendo e estão levando vantagem?

    Quem são os muitos blogueiros, deslumbrados e ofuscados com essas novas possibilidades e que estão fazendo m*rda?

    Saudações.

  3. Ale Rocha

    Excelente post.

    No entanto, às vezes me pergunto: será que quem conhece deve mesmo compartilhar seus conhecimentos? Por que dar o caminho das pedras de forma fácil depois de uma difícil trajetória?

    Acho que todo mundo tem o direito de errar, de fazer m*rda. Muitas vezes é assim que se aprende. Tentativa e erro. Tentativa e acerto.

    O que não dá para tolerar é gente mal intencionada, que quer moleza. Tudo mastigadinho. Esses sim são irritantes.

  4. Raquel

    Ótimo post – para reler e pensar.

  5. Fábio Buchecha

    Palmas para você Noshpie, e vaias para aqueles que escrevem posts patrocinados disfarçados. E para aqueles que escondem posts caça-paraquedistas dos feeds (história aliás que já redeu demais)

    Se você quiser eu posso conseguir uma tabela de valores de um site de esportes de uns brothers meus que tão na ativa a muito tempo. Dá para se basear pelo valor que eles combram nos anúncios =P

  6. Srta. Bia

    É muito bom que os blogs estejam sendo encarados como mídias sociais. Ações de empresas, agências que visam diretamente utilizar blogs em suas campanhas têm contribuído muito para isso.

    Criando vários hypes, que as vezes se tornam muito chatos, mas que encaro como um passo a mais. É como se fossem os comerciais de tv ou os pop-ups de site. Enfada-me ver em todos os blogs a mesma promoção, para o mesmo evento e todo hype em cima de quem vai, a maioria das ações ainda é voltada a eleger pessoas para participarem de eventos exclusivos, mas são ossos do ofício.

    Há também a publicidade voltada para pegar paraquedistas e aquela destinada aos leitores do blog. Acredito que a que prevalecerá é a segunda opção, pois a credibilidade do blogueiro conta muito. A dose também, todo dia promoção, todo dia post pago, não dá.

    Tem muita gente também escrevendo que é contra qualquer tipo de post pago, mas não vejo mal nenhum em alguém ganhar uma grana se isso não influenciar a qualidade do blog.

    E parabéns pelos dois anos Nosph! Não tive tempo de passar na data do lindo post com a trajetória até chegar no blosque. E essa retomada focando na gestão dos blogs está supimpa! Parabéns, ótimo trabalho! É um prazer ser sua leitora.

  7. Tonobohn

    Ok, então está na hora dos blogueiros sentarem e discutirem o tal “preço de mercado”, quanto vale o que, etc…

  8. Cynara

    Gabriel, o problema é que muita gente trata isso como uma caixa preta. Algumas pessoas não gostam de dizer, devem ter seus motivos. Poucos são os blogs que possuem um media kit público, por exemplo.
    Vocês podem dizer o quanto cada um acha que seria justo cobrar? Que parâmetro utilizar?

  9. Tonobohn

    Se não sentarmos e conversarmos nunca vai sair mesmo.

  10. Iara Alencar

    1) Não pensei nisso, porém, os meus melhores posts eu gastei uma manhã toda procurando links interessantes, pesquisas, artigos relevantes, etc, óbvio que entre um atendimento de telefone, um trabalho, e uma “teclada”.

    2) E por um anúncio? não sei dizer, eu precisaria ter idéia do que o anunciante deseja. Hipoteticamente falando, no meu blog, um anuncio seu não faria “sucesso”, as pessoas que vão lá, gostam de debater relacionamentos, comportamento, essas coisas.

    3. Não.
    4. Engraçado, isso me deu uma idéia. Eu acredito que seja mais mulheres, á julgar que tenho mais comentários femininos.

    5. Como pode existir postura etica frente a questões que ainda não existem?

    6. ainda não pensei no assunto.

    7. Isso é relativo, nã ose deve pagar o mesmo preço a um blog de humor e um blog com artigos de médicos por exemplo.

    Nossa, nunca pensei nisso.

  11. Gustavo Freitas

    Apesar de ter pouquíssimo tempo de caminhada na blogosfera (menos de 3 meses) tenho aprendido muito com blogueiros como você, que procuram abrir os olhos de outros blogueiros e ainda dão dicas preciosas, simples é claro para vocês que já estão há muito tempo por aqui mas para iniciantes muito valiosas.

    um abraço e parabéns pelo post,

  12. Cynara

    Gabriel, o que acha de colocar este tema em debate nos blogcamps da vida?

  13. Tonobohn

    É exatamente o que eu tenho em mente, Cynara.

  14. Rafael

    Foi exatamente o que disse no meu post sobre publicidade em blogs. Poucos sabem realmente como lidar com a publicidade em blogs.

  15. Nospheratt

    Wagner: Obrigada, meu caro! 🙂

    Estou no aguardo dos “dicumentos” prometidos. 😉

    Orlando: Muito obrigada, deveras!

    Bem, a grande massa são os blog novos, os blogs pequenos e desconhecidos, blogs de porte médio que têm um alcance restrito – ou seja, os blogs que compõe a maior parte da blogosfera.

    Os espertos são os blogs e as empresas que se aproveitam da imaturidade do mercado, para obter muito em troca de praticamente nada.

    OS blogueiros que estão fazendo m*rda são os que estão dando muito em troca de praticamente nada.

    Não me peça para dar nomes, não farei isso – pois meu objetivo não é apontar dedos, mas levantar uma discussão que é relevante para a blogosfera como um todo. 😉

    Ale Rocha: Concordo com você. Mas o que eu proponho aqui não é dar tudo mastigado aos preguiçosos, e sim delinear um caminho por onde a blogosfera possa caminhar de forma saudável e produtiva para todos.

    E só quem pode fazer isso são os que sabem por ir.

    Raquel: Muito obrigada! 🙂

    Fábio: Uff, essa história foi feia, mesmo.

    Agradeço a oferta; se eu precisar, já sei a quem chamar! 😀

    Srta. Bia: Você tem muita razão, e espero que tenha razão também sobre o tipo de publicidade que prevalecerá. Tomara, tomarinha! Porque se for de outro jeito, a coisa vai ficar feia! :S

    Muito obrigada, Bia. É um prazer e um orgulho ter leitoras como você, e esse é o real motivo pelo qual sou capaz de fazer o que faço. 🙂

    Tonobohn: Tá mais que na hora! Se demorar mais um pouco, a fruta vai apodrecer no pé! 😛

    Cynara: É verdade. Suponho que o maior motivo seja para evitar a concorrência – tipo, “Fulano conra 300, então eu vou cobrar 250 e fico com os clientes dele”.

    Por isso a discussão tem que ser coletiva.

    Vão na fé, tu e o Tonobohn. 🙂

    Iara: 🙂 Bem, acho que grande maioria dos blogueiros nunca pensou nisso. Daí é que vem o post – da necessidade de pensarmos nisso, e estabelecermos alguns estândares.

    Gustavo: Muito obrigada! 🙂

    Rafael: Por isso estamos aqui – para discutir, conversar, ensinar e aprender como funciona essa bagaça.

  16. Laila

    Eu sou nova nesse meio,fiz o meu blogg ontem. Portanto gostaria muito de saber mais sobre o assunto , acho legal que existam pessoas que abram nossos olhos para a realidade.

  17. É possível ganhar dinheiro com blogs? | xCake - MetaBlog

    […] Blogueiros deslumbrados e o Ouro dos Tolos, por Nospheratt. […]